Dia de Atenção ao Trauma chega à sua 10ª edição

No dia 6 de novembro aconteceu a 10ª edição do Dia de Atenção ao Trauma – Dia T, evento realizado anualmente pelo Avisa (Núcleo de Acidentes e Violência da Santa Casa de São Paulo). O evento contou com a presença de profissionais da área da saúde, alunos da FCMSCSP e de outras Instituições. Foram 18 cursos, com 3 convidados internacionais, 90 convidados nacionais e mais de 1600 participantes. O encontro fez parte da Semana do Trauma, iniciativa inédita com objetivo de englobar todos os aspectos relacionados à temática do evento, apresentando perspectivas das diferentes profissões e especialidades que atendem as vítimas de trauma.

De acordo com Renato Pescarolo Zan, professor do departamento de Medicina Social da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e presidente do Avisa, o Dia de Atenção ao Trauma pautou a implantação do Sistema de Trauma, o atendimento à Catástrofes e Múltiplas Vítimas, o Ensino ao traumatizado no país, as formas de atuação, além de abordar o problema no contexto mundial.

“Essa temática é de interesse para todos os profissionais que, de alguma forma, atuam na emergência e no pronto atendimento. Em 2010, aconteceram, no Brasil, 145 mil mortes decorrentes de trauma. Foram 390 ocorrências por dia e 16 por hora. Para cada morte, há 4 sequelados e dezenas de internações. No evento, focamos a qualidade do atendimento, reforçando que o melhor tratamento é a prevenção”, diz.

Segundo o professor, as apresentações contaram com profissionais de áreas como: cirurgia, ortopedia, terapia intensiva, neurocirurgia, pediatria, geriatria, e de especialistas em acidentes do trabalho e traumas da face. São consideradas traumas lesões internas decorrentes da troca de energia entre o meio externo e o corpo. As causas mais frequentes são os acidentes de tráfego, quedas e a violência interpessoal, apresentando características próprias, acometendo vários órgãos, o trauma está presente em todas as idades e diferentes níveis de gravidade.

Em 2013, ao lado da data memorável dos 50 anos da fundação da FCMSCSP, acrescenta-se mais uma década de atividades do Avisa. O núcleo conta com o apoio da FCMSCSP e da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e realiza reuniões, publicações, congressos e parcerias com instituições privadas e públicas.

“A nossa missão está embasada em congregar os profissionais e serviços de saúde da Santa Casa de São Paulo e instituições afins, promover e manter a disseminação de ações de prevenção, diagnósticos, terapêutica, reabilitação e de reinserção social das vítimas. Além disso, queremos desenvolver a adoção de comportamentos e de ambientes seguros e saudáveis com mobilização da sociedade e da mídia, monitorar a ocorrência de acidentes e violências e apoiar as atividades científicas”, finaliza.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 30, em 13/11/2013. Assine nossa newsletter http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Disciplina de Terapia Intensiva apresenta ao aluno panorama completo do serviço de UTI

Prof. Elzo PeixotoMinistrada no 4º e 6º anos do curso de Medicina, a disciplina de Terapia Intensiva aborda as situações que envolvem o paciente grave ou de risco, possibilitando ao aluno o reconhecimento dos sinais de gravidade da doença e o desenvolvimento da avaliação crítica na indicação da internação em UTI.

De acordo com Elzo Peixoto, professor instrutor da disciplina de Medicina Intensiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, no 4º ano da graduação, a área tem como finalidade proporcionar ao aluno noções básicas do comprometimento clínico dos pacientes gravemente enfermos e de risco, incluindo avaliação de indicação para a internação em unidade de terapia intensiva e investigação diagnóstica.

“É uma abordagem mais teórica, porém alguns aspectos como reanimação cardiopulmonar, ventilação mecânica e monitorização multiparamétrica são realizados em manequins ou equipamentos específicos”, diz.

Já no 6º ano, o aluno recebe noções teóricas sobre assistências ventilatória, nutricional, hemodinâmica e áreas específicas, além de atividades práticas com manequins de reanimação cardiopulmonar e vias aéreas, em curso introdutório às atividades em terapia intensiva. Em seguida, o aluno é incorporado à equipe da Unidade e participa do atendimento aos doentes internados, sempre com supervisão dos residentes e assistentes médicos do serviço. O objetivo é estabelecer o contato direto com o doente grave, buscando a experiência prática no desenvolvimento da prescrição de fármacos e de outras terapias como a renal substitutiva, técnicas de monitorização e de suporte à vida. Ainda segundo o professor, também há a discussão de casos e artigos científicos no incremento do conhecimento na área.

“A disciplina coloca o estudante em contato com o arsenal tecnológico disponível no serviço, como ventiladores mecânicos, monitores multi-paramétricos, cardioversores, marca-passo cardíaco, hemodialisador, entre outros. Promove também o conhecimento da sistemática de funcionamento da unidade, como admissão e alta de pacientes, visitas de equipes externas e de familiares, e noções de índices prognósticos nos doentes de terapia intensiva”, conta.

Para o professor, o mercado de trabalho para este nicho está aquecido, resultado do movimento natural que ocasiona o aumento do número de leitos em terapia intensiva. “O aluno que objetivar esta carreira tem grande chance de se colocar na área assim que terminada a especialização”, analisa.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 27, em 1º/10/2013. Assine nossa newsletter http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Semana de Atenção ao Trauma: participe e atualize-se

A  Semana de Atenção ao Trauma da Santa Casa de São Paulo, um dos eventos da programação comemorativa dos 50 anos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, será realizada entre os dias 2 e 10 de novembro de 2013. Para consultar a programação e fazer a sua inscrição, consulte o site do evento, clicando aqui.

Semana de Atenção ao Trauma 02a10112013 Faculdade Santa Casa de SP em breve

Atenção ao Trauma: evento oferece diversos cursos na área

Entre os dias 2 e 10 de novembro, será realizada a Semana de Atenção ao Trauma da Santa Casa de São Paulo, um dos eventos da programação comemorativa dos 50 anos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O encontro prevê a realização de cursos das diferentes profissões e especialidades que atendem traumatizados e tem o apoio da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e da FCMSCSP.

Semana de Atenção ao Trauma - Faculdade Santa Casa de SPDe acordo com o Dr. José Gustavo Parreira, coordenador da Semana de Atenção ao Trauma, o atendimento ao traumatizado é uma função diária de todos os médicos que trabalham em serviços de emergência e pronto-socorros. Somente em 2010, mais de 143 mil vítimas de trauma morreram no Brasil, o que corresponde a, aproximadamente, 392 mortes por dia e 16 por hora. Para consultar a programação e fazer a sua inscrição, consulte o site do evento, clicando aqui.