Workshop da FCMSCSP conta com participações internacionais

Tatiana-Rosado-Rosenstock-faculdade-santa-casa

Dra. Tatiana Rosado Rosenstock, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP

Nos dias 12, 13 e 14 de junho de 2017 será realizado o workshop internacional “Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional” na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, coordenado pela Dra. Tatiana Rosado Rosenstock, professora adjunto do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP. O evento contará com a presença de professores da University of Boon (Alemanha), da University of Birmingham (Reino Unido) e da Università degli Studi di Roma “Tor Vergata” (Itália), além de renomados pesquisadores brasileiros.

O encontro irá abordar os principais mecanismos que podem interferir com o funcionamento neural e, por consequência, levar à morte celular e irá também destacar modificações metabólicas e epigenéticas, em que a mitocôndria possui um papel chave. Durante o workshop, serão destacadas diversas doenças neurodegenerativas e neuropsiquiátricas como Doença de Huntington, Doença de Alzheimer, Esclerose Lateral Amiotrófica, Esquizofrenia e Transtorno do humor, uma vez que estão relacionadas com a desregulação e/ou morte celular.

De acordo com a professora, a grande relevância do workshop é mostrar a importância da ciência básica na pesquisa translacional e a sua contextualização no mundo atual: “O evento contribuirá para a troca de informação entre alunos e professores, colaborando para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de teses de Mestrado e Doutorado, e também para a implantação de novas colaborações e o fortalecimento das já existentes, impactando diretamente sobre a internacionalização dos grupos de pesquisa e sobre o impacto científico dos estudos realizados no Estado de São Paulo”, afirma a Dra. Tatiana.

Serão oferecidas 60 vagas gratuitas para alunos regularmente matriculados em um curso de pós-graduação stricto sensu do país (Mestrado, Doutorado, Doutorado Direto ou Pós-Doutoramento). Não haverá restrição quanto à área de atuação dos alunos, mas elas deverão estar preferencialmente correlacionadas à Bioquímica, Farmacologia, Neurociências, Psicobiologia e Pesquisa clínica translacional e aplicada.

Para concorrer a uma vaga, o requerente deverá se inscrever pelo site oficial do “2º Workshop Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional”.

SERVIÇO
Evento: 2º Workshop Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional
Coordenação: Prof.ª Dra. Tatiana Rosado Rosenstock
Data: 12, 13 e 14/6/2017, segunda, terça e quarta-feira, das 8h às 18h00
Local: Auditório Dr. Christiano Altenfelder – Novo Prédio da FCMSCSP, 4º andar
Endereço: Rua Dr. Cesário Motta Júnior, 112, Vila Buarque, São Paulo (SP)

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 110, em 9/5/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.  

 

Esquizofrenia e esclerose lateral amiotrófica é tema de pesquisa conduzida por docente da FCMSCSP

Tatiana Rosado Rosenstock

Dra. Tatiana Rosado Rosenstock, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

A Dra. Tatiana Rosado Rosenstock, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, acaba de ter um projeto aprovado (Projeto Jovem Pesquisador) pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A intenção do estudo, explica a docente, é buscar correlacionar alterações de transcrição gênica e a função mitocondrial em modelos de esquizofrenia e esclerose lateral amiotrófica para encontrar mecanismos pra impedir que neurônios ou astrócitos fiquem disfuncionais e morram: “O meu projeto visa não apenas entender o mecanismo pelo qual essas células morrem, mas também tentar impedir esse processo através de modificações gênicas que possam levar ao aumento da produção de energia pelas mitocôndrias. De uma maneira bem linear seria: gene – mitocôndria – energia – sobrevivência neural”, esclarece.

Mesmo sendo a esquizofrenia uma doença psiquiátrica, ela também pode, muitas vezes, ser “encarada” como uma doença neurodegenerativa, e a intenção, com o projeto, é justamente buscar uma forma de impedir que o neurônio fique disfuncional e consequentemente degenere. “De uma forma geral, o neurônio que não funciona bem tem maior probabilidade de morrer. Pensando na clínica, um paciente não tratado ao longo de 10 anos de crises sucessivas terá maior processo degenerativo do que um indivíduo que teve apenas um surto psicótico. Por isso, o ‘tratar’ a disfunção celular inicial é tão importante”, relata a Dra. Tatiana.

Além de colaborações internas, como a do Prof. Dr. Hudson Buck, chefe do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP e de alunos da Instituição (IC ou pós-graduandos), o projeto conta com colaborações de docentes dos departamentos de Bioquímica e Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), do Centro de Desenvolvimento de Modelos Experimentais para Biologia e Medicina (Cedeme, Unifesp) e da Universidade de São Paulo (USP). “Quando eu escrevi o projeto, estava em fase de transição, por isso preferi ter uma rede de boas colaborações. Isso me assegura que todos os experimentos propostos possam ser realizados, aqui na Faculdade, ou em outro lugar. Sempre falo que ciência não se faz sozinho, por isso, procuro me cercar de bons profissionais e lugares de excelência para a pesquisa”, conclui a Dra. Tatiana Rosado Rosenstock.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 85, em 5/4/2016. Assine nossa newsletter: www.fcmsantacasasp.edu.br.

Seminário “Regulation of autophagy in mammals: the role of Ambra1” na FCMSCSP

Prof. Dr. Mauro Piacentini

Prof. Dr. Mauro Piacentini

No próximo dia 1º de março, terça-feira, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo promoverá o seminário “Regulation of autophagy in mammals: the role of Ambra1” (Regulação da autofagia em mamíferos: o papel do Ambra1). O palestrante convidado será o Dr. Mauro Piacentini, Professor Titular de Biologia Celular e do Desenvolvimento da Universidade de Roma Tor Vergata. O evento acontecerá no Auditório Orlando Jorge Aidar – Sala 14 – Rua Dr. Cesário Motta Jr. 112 – Vila Buarque – São Paulo (SP). Não é necessário realizar inscrição prévia.

Tatiana Rosado Rosenstock, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP, é a anfitriã do encontro e coordenadora do workshop “Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional”, que acontece nos dias 7, 8 e 9 de março de 2016, na FCMSCSP.