FCMSCSP promove seminário sobre baixo peso ao nascer como fator de risco

Na próxima quarta-feira, dia 21/2, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra “Baixo peso ao Nascer um Fator de Risco Adicional? Aspectos clínicos e experimentais”, ministrada pela Prof.ª Dra. Maria do Carmo Pinho Franco, professora adjunta do Departamento de Fisiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

Anúncios

Teste do Pezinho: exame ajuda a detectar doenças em recém-nascidos

clery-gallacci-faculdade-santa-casaDia 6 de junho é comemorado o Dia Nacional do Teste do Pezinho. O exame ganhou este nome, pois a coleta do sangue é feita a partir de um furinho no calcanhar do bebê e tem como objetivo detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, que poderão causar alterações no desenvolvimento neuropsicomotor do recém-nascido.

O teste, que é gratuito e feito já na maternidade ou hospital em que o bebê nasce, deve ser realizado após as primeiras 48 horas de vida do recém-nascido até, no máximo, o sétimo dia de vida.

“A grande importância desse teste é o diagnóstico precoce de doenças que não podem ser detectadas ao exame físico inicial, além de indicar o tratamento imediato para melhor resultado futuro”, afirma a Dra. Clery B. Gallacci, professora de Pediatria e Neonatologia na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O Teste do Pezinho básico realiza triagem de seis doenças, entre elas o hipotireoidismo, hiperplasia de adrenal (doença genética caracterizada por uma deficiência nas glândulas suprarrenais, localizadas logo acima dos rins) e fenilcetonuria (doença do metabolismo).

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 112, em 6/6/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.