“Enfermagem se faz pelo amor: na FCMSCSP, foi amor à primeira vista”

Bruno Rosa Bezerra

Bruno Rosa Bezerra

Bruno Rosa Bezerra formou-se em Enfermagem pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, em 2011. No ano seguinte, iniciou o Mestrado pelo programa de Ciências da Saúde da Instituição. Também é pós graduado em Pesquisa Clínica e em Informática em Saúde. Atualmente, o ex-Santa é professor convidado do curso de Pós-graduação em Pesquisa Clínica da FCMSCSP, relembra sua época como aluno e dá dicas para quem deseja ingressar no curso de Graduação em Enfermagem. Confira!

 

Conectar: Como foi sua experiência como aluno da FCMSCSP?

Bruno: Entrei na faculdade aos 17 anos. Cursar as disciplinas básicas, nos primeiros anos, intercaladas com as disciplinas práticas, já inserindo os alunos no ambiente hospitalar, foi difícil, mas muito gratificante. Nos últimos anos, além das disciplinas, realizei um estágio extracurricular e, mesmo com toda a rotina de estudos, sempre conseguia tempo para treinar para os jogos de Enfermagem, aliás, participei da competição todos os anos em que estive na Faculdade. Durante o curso, também fiz parte do Centro Acadêmico Madre Maria Gabriela Nogueira (CAMMGN), onde tive a oportunidade de ser coordenador científico.  

Conectar: Por que optou por Enfermagem? 

Bruno: Durante o ensino médio, quando optei por seguir uma profissão da área da saúde, tentei fazer um técnico em Enfermagem, mas não pude participar do processo seletivo por conta da idade, por isso, fiz técnico em Nutrição. No decorrer do curso, fui percebendo que tinha muito mais afinidade e prazer nas disciplinas básicas, naquelas com mais contato com os pacientes. Foi a partir daí que escolhi ser enfermeiro. Mas, a minha mãe ainda acredita que a escolha aconteceu porque passei a minha primeira infância sendo mais cuidado por enfermeiros no hospital do que por ela mesma (risos). 

Conectar: Quais critérios lhe ajudaram a escolher a FCMSCSP?

Bruno: Prestei alguns vestibulares, todos para Enfermagem, passei em três deles, mas estava certo de que iria fazer cursinho primeiro. Quando saiu a lista de aprovados da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, fui até lá apenas para saber mais informações sobre o curso e acabei não saindo mais. A grade curricular, localização e a receptividade dos funcionários foram fundamentais para minha escolha. Mas acho que o principal motivo mesmo foi o amor à primeira vista (risos). 

Conectar: De que maneira o curso contribuiu para o seu crescimento profissional?

Bruno: Neste aspecto, devo tudo o que me tornei à Faculdade. A capacidade e a seriedade dos professores na condução das disciplinas e, principalmente, na interação com o paciente foram decisivas. Sem falar no aspecto cognitivo, com a possibilidade de contínuo aprimoramento do conhecimento por meio dos cursos de Pós-graduação, o que também foi fundamental no meu desenvolvimento profissional.

Conectar: Existe algum desafio que enfrenta atualmente na carreira e que consegue aplicar na prática o que foi aprendido na FCMSCSP?

Bruno: Poderia listar vários, mas acho que o principal é a capacidade de análise crítica e a busca de soluções para situações problemáticas do dia a dia. O estímulo para a busca de novos conhecimentos e a “liberdade supervisionada”, aplicada pelos professores durante a graduação, me permite realizar uma avaliação mais criteriosa e, consequentemente,encontrar a melhor solução. 

Conectar: Que conselhos dá para quem deseja cursar Enfermagem?

Bruno: Que escolha criteriosamente a instituição em que deseja realizar o curso, pois esta é uma área que abre diversas opções de atuação, não apenas no cuidado com o paciente. E que tenha em mente que, como líderes de equipe e responsáveis por vidas, a cobrança e a pressão são constantes. Enfermagem se faz por amor… Mas também se faz com seriedade, respeito ao próximo e principalmente, com conhecimento.

 

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 71, em 11/8/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Pós-Graduação em Pesquisa Clínica: inscrições abertas para 2014

Pós-graduação em Pesquisa Clínica - Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São PauloCom aulas às sextas-feiras, das 18h às 21h30, e aos sábados, das 8h às 17h, o curso de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo tem 10 meses de duração e seu principal objetivo é a formação de profissionais com sólidos conhecimentos no processo de desenvolvimento de medicamentos e produtos para a saúde, aptos a atuarem em âmbito acadêmico, como instituições de ensino superior da área biomédica, bem como em centros de pesquisa privados, agências regulatórias e indústria farmacêutica.

O programa de especialização lato sensu tem como público-alvo os profissionais da área biomédica (cursos de Farmácia, Biologia, Biomedicina, Medicina e Enfermagem, entre outros) que estejam atuando ou almejem atuar na área de Pesquisa Clínica, tais como: pesquisadores, coordenadores de estudo, monitores de pesquisa, coordenadores e monitores de dados. Outros profissionais, como economistas, estatísticos e matemáticos que desejem atuar em projetos de pesquisa e desenvolvimento no campo biomédico, também podem avaliar esta pós-graduação como opção de estudos.

Saiba mais
Clique aqui para mais informações.