Curso de Pós-graduação da FCMSCSP qualifica enfermeiros para atendimentos de urgência e emergência

Aline-Beatriz-Moreira-Gullo-faculdade-santa-casa

Prof.ª Mestra Aline Beatriz Moreira Gullo, coordenadora do curso de Pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-Hospitalar

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-Hospitalar. O programa apresenta uma grade curricular abrangente, com professores experientes e capaz de suprir as necessidades de formação acadêmica, além atender às exigências do mercado de trabalho que necessita de profissionais preparados para atuar nesta área crítica da saúde brasileira. De acordo com a Prof.ª Mestra Aline Beatriz Moreira Gullo, coordenadora do programa, o projeto pedagógico do curso foi construído para que o enfermeiro tenha competências e habilidades no atendimento de pacientes adultos, pediátricos e idosos em situações de emergência e urgência: “O especialista atuará com agilidade e abordagem humanizada, por meio do aprendizado dos protocolos de instituições renomadas nacionais einternacionais nas áreas de emergências cárdio/clínicas, ACLS (Advanced Cardiologic Life Support), emergências traumáticas, ATCN (Advanced Trauma Care for Nurses) ou emergências pediátricas, PALS (Pediatric Advanced Life Support), sendo treinado a gerenciar até mesmo o atendimento em catástrofes”, conta. O enfermeiro especialista em Urgência e Emergência pode atuar em unidades de atendimento pré-hospitalar, unidades de saúde 24 horas, pronto socorro, unidade de terapia intensiva geral e neonatal, unidades de internação, tanto em serviços públicos quanto em privados.

De acordo com a professora, o aprimoramento deve ser constante em todas as profissões, principalmente a área de saúde. Isso porque todo atendimento ao indivíduo, em qualquer ciclo da vida e em todas as áreas de atenção, segueprotocolos que são constantemente atualizados. “É necessário que o profissional Enfermeiro esteja sempre engajado e sabedor destas atualizações, pois o mercado exige deste profissional de enfermagem um aprofundamento teórico específico, bem como tomada de decisões adequadas, uma vez que irão interagir diretamente na sobrevida do paciente”, afirma a Prof.ª Aline.

Além disso, com o intuito de promover o exercício do pensamento crítico para o julgamento clínico que possibilita a assistência especializada e diferenciada, o curso contará com aulas práticas, realizadas em Centro de Simulação, onde as todas as situações de urgência e emergência, detalhadas nas aulas teóricas, serão vivenciadas na prática: “O curso tem 80 horas de estágio supervisionado em Pronto Socorro, nos setores de Trauma, Triagem, Pediatria e Psiquiatria, além de Unidade de Atendimento Pré-Hospitalar e Simulado de Atendimento de Catástrofe”, complementa a professora.

O diferencial do curso, segundo a coordenadora desta especialização, é permitir o preparo de profissionais para o mercado de saúde habilitados para atuarem com competência nas situações de Urgência e Emergência nas diversas unidades, intra e pré-hospitalar. “Para isso, contamos com o corpo docente qualificado de renomada experiência nas áreas de urgência e emergência. As situações de aprendizagem são baseadas em estudos de casos com prioridade nas aulas teórico-práticas. Ao final dos módulos, os alunos possuem o estágio curricular que propicia condições para vivenciar situações reais da prática profissional, demonstrada e discutida no decorrer do curso, o que permite o profissional perceber o compromisso social do trabalho em relação ao Sistema Único de Saúde (SUS)”, finaliza a Prof.ª Aline.

Serviço
Com 105 vagas disponíveis, as inscrições para a pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-Hospitalar vão até o dia 11 de julho de 2016.
Obs.: condições especiais para ex-alunos ou funcionários da Santa Casa de São Paulo.
Inscrições no site: www.fcmsantacasasp.edu.br
Início das aulas: 20 de agosto de 2016.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 90, em 14/6/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Pós em Gerenciamento em Enfermagem Hospitalar: muito mais que um ‘up’ na carreira

Começar 2016 com um bom encaminhamento para o desenvolvimento na carreira é o desejo de todo profissional. O novo curso de Pós-graduação em Gerenciamento em Enfermagem Hospitalar da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo é um programa de especialização lato sensu que tem como objetivo capacitar enfermeiros para atuação na área de gerenciamento do serviço e da assistência de enfermagem em unidades de internação hospitalar.

Nesta entrevista ao Blog FCMSCSP, conversamos com as professoras Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa e Mestra Luciana Cardoso, coordenadoras desta especialização na FCMSCSP. Confira:

O profissional de Enfermagem normalmente tem à disposição muitas opções para se especializar, após a graduação. Para este novo curso, é recomendável que o enfermeiro já possua algum nível de experiência em gestão?

Luciana Cardoso

Luciana Cardoso

Luciana: No caso desta especialização, não é preciso. Ocorre que, frequentemente, pensamos na especialização em Gerenciamento em Enfermagem como um segundo passo na carreira de enfermeiros que já possuem experiência ou especialização em determinada área e almejam cargos administrativos. Esses, com toda a certeza, serão muito beneficiados com a realização deste curso. O programa de pós-graduação em Gerenciamento em Enfermagem Hospitalar, entretanto, é altamente recomendado também àqueles que acabaram de se formar, já que atualmente os hospitais esperam do enfermeiro habilidades gerenciais mesmo no início da carreira.

De forma geral, o que o aluno encontrará nas aulas que o ajudará em seu dia a dia, seja ele um profissional com pouca experiência ou mesmo já com uma significativa vivência no mercado?

Maria Lucia Alves

Maria Lucia Alves

Maria Lucia: As aulas serão ministradas por enfermeiros, docentes ou profissionais, com sólida experiência no mercado de trabalho, possibilitando discussões realísticas, situações-problema, estudos de caso e outras metodologias ativas, sempre em busca da aproximação do ensino acadêmico para a prática hospitalar. Vale lembrar que aqui, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, observamos, em outros cursos, turmas bastante heterogêneas quanto à experiência profissional e isso tem tornado as discussões bem mais ricas e o aprendizado, mais sólido.

Qual o diferencial deste curso e como são desenvolvidas as aulas práticas do programa? 

Luciana: As aulas práticas são o grande diferencial dos cursos da FCMSCSP e, em especial, do curso de especialização em Gerenciamento em Enfermagem Hospitalar. Estamos, ainda, em uma instituição que conta com o acesso às unidades de internação do Hospital Central da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo para apoio ao ensino que oferecemos. O aluno desta pós-graduação lato sensu terá a oportunidade de vivenciar e estabelecer relações entre o que foi discutido nas aulas teóricas com a prática hospitalar. Além do período de estágio, a Maria Lucia e eu estamos programando visitas técnicas em outras instituições que ampliem a visão do aluno a respeito do que está sendo feito nos hospitais de São Paulo.

Por falar nesses hospitais, sabemos que muitos já possuem certificações de qualidade e outros ainda buscam por esse reconhecimento. Este curso de especialização contribui para a formação de um profissional que seja desejado por essas instituições?

Maria Lucia: Certamente que sim. Atualmente, os hospitais buscam certificações de qualidade que demonstrem a excelência no atendimento aos pacientes. Nesse sentido, o curso foi cuidadosamente pensado a partir da observação desta tendência do mercado e da necessidade de qualificação dos enfermeiros para atender a essa demanda. Por isso, o enfermeiro que se especializar neste curso será um profissional preparado e desejado por essas instituições.

Como o profissional graduado em Enfermagem poderá se organizar ao longo dos 18 meses de duração do programa? 

Luciana: Teremos dois encontros por semana: às terças e quintas-feiras, no período da tarde, das 14h às 18h00. Já no período das aulas práticas, que corresponde ao estágio no hospital, o aluno terá duas opções: às segundas e terças-feiras ou, se for melhor para conciliar a agenda profissional, às quartas e quintas-feiras, porém sempre no mesmo horário das 14h às 18h00.

Maria Lucia: A carga horária, distribuída no período de 18 meses, com aulas apenas duas vezes por semana, promove melhores condições para estudos e desenvolvimento de atividades acadêmicas que complementarão os conteúdos ministrados possibilitando conciliar o curso com o horário de trabalho do enfermeiro. É, sem dúvida, uma especialização bastante alinhada à missão da FCMSCSP na busca da excelência no ensino.

Conheça mais detalhes sobre o curso de Especialização em Gerenciamento em Enfermagem Hospitalar

Últimos dias para se inscrever na pós em Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI

Prof.ª Dra. Maria Angela Reppetto

Prof.ª Dra. Maria Angela Reppetto

Até o dia 10 de agosto, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas para o curso de Pós-Graduação em Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI. Com duração de 17 meses, o curso tem o objetivo de possibilitar ao aluno condições teórico-práticas para o planejamento, implementação e avaliação da assistência de enfermagem ao paciente crítico.

Durante as aulas, os alunos poderão compreender os problemas de ordem emocional, ética e filosófica que acompanham o paciente, família e equipe de trabalho da Unidade de Terapia Intensiva. “Esses aspectos são necessários para a coordenação da equipe de enfermagem na UTI, para a atuação dos profissionais de enfermagem na assistência ao paciente. Além disso, a atenção aos familiares dos pacientes internados na UTI, que acompanham toda a evolução do paciente”, explica a Prof.ª Dra. Maria Angela Reppetto, coordenadora do curso.

Com supervisão técnica da Prof.ª Dra Acácia M. Lima de Oliveira Devezas, o programa de pós-graduação tem o total de 180 horas de aulas práticas nos campos: UTI do Hospital Central-Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, UTI do C​entro de ​R​eferência da ​S​aúde da​ Mulher -Hospital Pérola Byington, e a UTI do Hospital Sepaco. “O aluno terá três diferentes cenários para sua prática clínica. Na ISCMSP, o paciente vítima de trauma, no CRSM, paciente com distúrbio relacionado tratamento do câncer e no Sepaco pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca, vascular ou do sistema digestório”, destaca a Dra. Maria Angela.

Confira mais informações sobre o curso de especialização em Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI.  

Você, enfermeiro, já pensou em seguir carreira na área cirúrgica?

Especialização em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e EsterilizaçãoNão é novidade para ninguém que a área de Enfermagem é ampla. No país, de acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 1,7 milhão de enfermeiros. Com base nos dados, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) traçou o “Perfil da Enfermagem no Brasil”, lançado no dia 6/5, no qual foi apontado que o Brasil possui um quadro de 80% de técnicos e auxiliares e 20% de enfermeiros graduados.

Diante de um mercado de trabalho super concorrido, os profissionais precisam encontrar meios de se destacar, e não há maneira melhor do que buscar especialização na área. Aos que não sabem qual seguir, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas, até o dia 10 de agosto, para o programa de Pós-Graduação em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização.

Oferecendo 22 vagas, o curso é direcionado aos enfermeiros graduados que atuam ou tenham interesse de trabalhar em centros cirúrgicos, salas de recuperação anestésica ou centrais de materiais e esterilizações.

Saiba mais neste link: Especialização em  Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização.

Área de Enfermagem está com mercado de trabalho aquecido

Segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a área da saúde no Brasil é composta por um contingente de 3,5 milhões de profissionais – deste número, cerca de 1,7 milhão atuam na Enfermagem. O estudo “Perfil da Enfermagem no Brasil”, lançado em maio de 2015 e encomendado pelo Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), foi realizado aproximadamente em 50% dos municípios brasileiros, nos 27 estados da Federação, e contou com profissionais entre o início da carreira e aposentadoria, com o objetivo de traçar um panorama atual dos profissionais da área de Enfermagem.

Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Com uma ampla área de atuação, o mercado de trabalho para enfermeiros está aquecido. Além de atuar em hospitais, o profissional pode prestar serviços domiciliares e de consultoria, por exemplo. “Qualquer local onde haja enfermagem (auxiliares, técnicos ou enfermeiros) deverá necessariamente ser dirigido por um enfermeiro, portanto não pode haver um hospital, clínicas diversas, ambulatórios de escolas e indústrias, pronto-socorro, escolas de formação de auxiliares ou técnicos, cursos superiores e outros, sem a presença do enfermeiro”, afirma a Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Algumas especializações, como em enfermagem neonatal e cardiologia são muito procuradas e consideradas um diferencial em seleções para vagas na área. É essencial que o enfermeiro acompanhe as inovações no setor. “O mercado de trabalho exige profissionais especializados. Em um cenário competitivo, as instituições hospitalares buscam as acreditações, que levam em consideração o preparo de seu corpo funcional”, explica.

A fim de atender essa demanda, a FCMSCSP oferece cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (especialização) nas áreas de Enfermagem em Centro Diagnóstico, Enfermagem Obstétrica, Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental, entre outros. A duração média de cada curso é de 480 horas, com aulas práticas e teóricas. Mais informações podem ser obtidas no Portal FCMSCSP.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 66, em 2/6/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Especialização em Enfermagem Pediátrica da Faculdade Santa Casa de São Paulo oferece aulas práticas como diferencial

Prof.ª RosemeireCom o objetivo de capacitar profissionais para atuar no mercado de trabalho, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo oferece o curso de pós-graduação lato sensu em Enfermagem Pediátrica. As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de agosto, pelo site da Instituição: www.fcmsantacasasp.edu.br.

De acordo com a Prof.ª Rosemeire dos Santos Vieira, coordenadora da Especialização em Enfermagem Pediátrica, o curso tem como objetivo suprir o número reduzido de enfermeiros especializados na área. “É um setor com muitas vagas e, quando o profissional se torna especialista, a tendência é que seja rapidamente absorvido pelo mercado de trabalho, até mesmo durante o curso”, diz.

Ao concluir a especialização, estruturada em parceria com o Hospital Central da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o aluno estará apto a prestar assistência humanizada à criança e ao adolescente em seu processo de crescimento, de desenvolvimento psicomotor e intelectual, e na ocorrência de eventuais doenças. Além disso, o curso se propõe a desenvolver o pensamento crítico e a tomada de decisão no planejamento e prestação de assistência e promoção da saúde do binômio criança/família.

Segundo a Prof.ª Rosemeire, um dos diferenciais dessa pós-graduação é a extensa carga horária prática. “Cursos similares em outras instituições apresentam poucas horas ou nenhuma carga horária destinada a atividades práticas. A especialização da Faculdade Santa Casa de São Paulo conta com 92 horas de prática, que são fundamentais, pois permitem o desenvolvimento de habilidades, destreza, no cuidado à criança e família. Além disso, as atividades práticas são desenvolvidas nas unidades pediátricas do Hospital da Santa Casa, que é referência para todo Brasil”, enfatiza.

O processo seletivo será realizado por meio de prova escrita, entrevista e análise de curricular.

Serviço:
• Curso: Especialização em Enfermagem Pediátrica
• Período de inscrição: de 17/6/2013 a 7/8/2013
• Processo Seletivo: 13/8/2013
• Divulgação dos aprovados:  20/8/2013
• Período de matrícula: 21/8/2013 e 22/8/2013
• Início das aulas: 4/9/2013
• Duração do curso: 12 meses
• Investimento:  15 parcelas mensais de R$ 560,00
• Vagas: 30

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 22, em 23/7/2013. Assine nossa newsletter http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Comece a sua especialização agora

Para quem pretende cursar uma pós-graduação, iniciando a especialização lato sensu ainda neste segundo semestre de 2013, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo oferece as seguintes opções com inscrições abertas até o próximo dia 7 de agosto, quarta-feira:
Especialização lato sensu

– Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI (noturno)
– Enfermagem Clínica e Cirúrgica INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 16/8
– Enfermagem Pediátrica
– Psicopatologia Fenomenológica
– Tecnologia no Diagnóstico por Imagem: RM e TC

Consulte mais informações nos links acima ou entre em contato pelos  telefones: (11) 3367-7888 e 3367-7887.