FCMSCSP promove mais uma edição da Macarronada Social

Macarronada SocialA Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza nesta quarta-feira, 24 de maio, a partir das 12h, mais uma edição da Macarronada Social. A ação de responsabilidade social, organizada pelo Centro Acadêmico Manoel de Abreu (CAMA), integra o Programa de Integração dos Primeiro-Anistas (PIPA) e reúne estudantes dos cursos de graduação da FCMSCSP.

O objetivo dessa iniciativa é fortalecer a integração entre os alunos e também o contato com a população em situação de rua da região central da cidade de São Paulo, onde se localiza a Faculdade. A ação ocorrerá na Paróquia Santa Cecília, localizada no Largo Santa Cecília, s/nº, e a organização espera receber cerca de 150 pessoas em situação de rua.

“A Macarronada Social promove uma interação dos alunos com a população da região, especialmente a de rua, fora do ambiente do hospital e da relação médico-paciente. Isso permite uma relação mais horizontal e humanizada, que promove troca de experiências e quebra de preconceitos do aluno com relação ao morador e vice-versa”, conta Caroline Namur, integrante do CAMA e aluna do 3º ano de Graduação em Medicina da FCMSCSP.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 111, em 23/5/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.  

Anúncios

Programa de Integração dos Primeiro-Anistas (PIPA) recebe alunos ingressantes

Nesta terça-feira, dia 23/2, a partir das 17h, será realizada a abertura oficial do Programa de Integração dos Primeiro-Anistas (PIPA) na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Na oportunidade, serão apresentados, aos alunos ingressantes, os órgãos acadêmicos ligados à FCMSCSP, as diretorias da Faculdade e do Curso de Graduação em Medicina e a programação das atividades em 2016. O evento acontece no Auditório Christiano Altenfelder.

Programação

De 24 a 26 de fevereiro de 2016

24/2, terça-feira, das 9h às 12h
Palestra sobre Acolhimento do CAMA
Local: Auditório Dr. Christiano Altenfelder

24/2, terça-feira, das 13h às 17h
Apresentação da IFMSA Santa Casa
Local: sala 37 (Rua Santa Isabel, 305 – 3° andar)

25/2, quinta-feira, das 9h às 12h
Apresentação do Santa Maluquice. Atividade de Caça ao Tesouro, com início no Anfiteatro Prof. Dr. Paulo Ayrosa

25/2, quinta-feira, das 14h às 17h
Apresentação da Associação Atlética Manoel de Abreu
Local: Espaço de Eventos da Lusa

26/2, sexta-feira, das 9h às 12h
Apresentação do Departamento Científico Manoel de Abreu
Local: Auditório Prof. Dr. Emilio Athié

26/2, sexta-feira, das 12h às 15h
Almoço dos primeiro-anistas no Centro Acadêmico Manoel de Abreu.
Local: CAMA

26/2, das 15h às 17h
Apresentação da Bateria da Faculdade, a Batusanta
Local: CAMA

1º/3, terça-feira, das 14h às 16h30
Atividade dos coletivos Lisístrata e Desconstruindo Amélia
Local: CAMA

 

Ambulatório Social: alunos da FCMSCSP prestam atendimento gratuito à população

Ambulatório Social - FCMSCSPNo dia 30/5, sábado, das 10h às 15h, os alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizarão o Ambulatório Social na E. E. Professora Marina Cintra, na rua da Consolação, 1.289, Higienópolis, em São Paulo (SP). A iniciativa para atendimento à população é idealizada pelo Projeto de Integração dos Primeiro-Anistas (PIPA), que integra as atividades de recepção aos calouros à Faculdade e conta com a organização do Centro Acadêmico Manuel de Abreu (CAMA).

De acordo com Kelvin Kamiya, integrante do CAMA e aluno do 3º ano de Graduação em Medicina da FCMSCSP,  a supervisão da ação será feita  pelo ex-aluno Diego Fontana Siqueira Cunha. “Além de ser egresso da Faculdade Santa Casa de São Paulo e já ter feito parte do Centro Acadêmico, o Diego tem uma proximidade com os alunos e é residente do Hospital das Clínicas”, explica Kamiya quanto à escolha da coordenação. Durante a iniciativa o grupo de participantes, sob acompanhamento de médico responsável, atuará em rodízio, tendo como responsabilidades a realização de inscrição de todos os pacientes e a execução de exames de:

  • dextro – teste de Glicemia;
  • medição de altura e de peso dos pacientes (cálculo do IMC);
  • aferição de pressão arterial;
  • orientações ginecológicas para as mulheres;
  • análise de sinais vitais e dos dados adquiridos;
  • análise feita pelo médico responsável.

“Essa é a oportunidade de viabilizar o primeiro contato dos primeiro-anistas com os pacientes, como se fossem profissionais atendendo de forma autônoma, porém com total supervisão. Nosso objetivo é promover o que aprendemos aqui na Faculdade que é a humanização da Medicina, ou seja, deixar o mais próximo possível esse contato entre médico e paciente”, completa Kamiya. Quanto ao benefício para os cidadãos, o aluno acrescenta: “Dependendo do caso, se a pessoa estiver com a pressão muito alterada ou com hiperglicemia, por exemplo, nós encaminhamos para o médico especialista, pois não podemos dar diagnóstico nenhum, mas orientá-la sobre os procedimentos a serem adotados para tratamento”.

Alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP promovem ambulatório social

EAmbulatório Social - FCMSCSPstudantes da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizam neste sábado, dia 5 de abril, o Ambulatório Social, a partir das 10h, no Largo Santa Cecília (Rua Dona Veridiana, 202), em São Paulo (SP). Trata-se de uma ação para atendimento à população, idealizada pelo Projeto de Integração dos Primeiro-Anistas (PIPA) e que integra as atividades de recepção aos calouros à FCMSCSP.

Com a supervisão de médicos e residentes da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, os estudantes irão proporcionar à comunidade um panorama sobre a sua condição de saúde, além de fornecer informações e orientações. As pessoas terão acesso a exames básicos e os primeiro-anistas vivenciarão a oportunidade de exercer na prática ações que são fundamentais ao aprendizado do profissional da área médica. O Ambulatório Social é uma realização da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo,  Centro Acadêmico Manoel de Abreu (CAMA) e IFMSA Brazil.

Ação solidária integra alunos de Enfermagem e Fonoaudiologia

Doação de sangue e cadastro para doação de medula óssea: iniciativa de alunos de Enfermagem e FonoaudiologiaAlunos dos cursos de Enfermagem e Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo se uniram no dia 28/2, sexta-feira, em prol do Hemocentro da Santa Casa de São Paulo. A iniciativa, empreendida pelos coordenadores dos centros acadêmicos CAMMAGN (Enfermagem) e CAOL (Fonoaudiologia), envolveu a doação de sangue e o incentivo para cadastro de doadores de medula óssea. A ação solidária contou com a participação de estudantes veteranos dos dois cursos de graduação e também foi uma forma de dar boas-vindas aos calouros.

Clique aqui para conferir as fotos.

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza ações solidárias como forma de integrar os novos alunos

O ingresso no curso superior é um dos momentos mais importantes da carreira de um profissional. O início dessa etapa deve ser celebrado com alegria e respeito e é, dessa forma, que acontece na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Para isso, a Instituição conta com o PIPA (Projeto de Integração dos Primeiro-Anistas), que visa recepcionar os novos alunos com ações solidárias.

Dr Valdir Golin 0001A FCMSCSP não tolera nenhum tipo de ato violento, humilhante, vexatório e causador de constrangimentos aos alunos recém-ingressados. “Essas péssimas atitudes não condizem com a formação de alguém que vai cursar Medicina, ou qualquer outra área. Nunca aceitei esse tipo de postura, nem quando era estudante. Dessa forma, em nossa Instituição de ensino essas ações são vetadas, podendo gerar severas punições aos infratores”, afirma o Dr. Valdir Golin, diretor da Faculdade.

Ele afirma ainda que se orgulha muito dos atuais estudantes da Faculdade, porque garantem que essas atitudes não aconteçam. “Dentro deste cenário, a idealização do PIPA não contou apenas com o apoio da Faculdade. Quem escolheu o nome do projeto foram os próprios alunos, que vieram até a diretoria discutir o assunto. Nós os apoiamos totalmente e hoje é considerado um programa oficial da Instituição”, declara.

Como forma de integração dos primeiro-anistas, o PIPA realiza iniciativas como doações de sangue ao Hemocentro da Santa Casa de São Paulo, visitas a instituições assistenciais e ações com pessoas carentes, como a Macarronada Social e o Ambulatório Social. “São atitudes que, além de integrar os alunos, colaboram com a sociedade”, avalia o Dr. Golin. O diretor explica que a Faculdade mantém uma relação estruturada entre os alunos e as diretorias dos cursos, e que são realizadas reuniões periódicas com os coordenadores do Centro Acadêmico Manoel de Abreu (CAMA) e com os representantes de sala.

“Possuímos representantes de alunos em todos os conselhos e comissões da Faculdade, como no caso do Núcleo Docente Estruturante (NDE), em que o Ministério da Educação nem previa a presença de estudantes, mas nós fizemos questão de incluí-los”, explica.

O Dr. Golin deixa uma mensagem para os novos alunos: “O período universitário é uma das melhores épocas da vida de um estudante, ele deve aproveitar, praticar esportes e se divertir bastante, mas com responsabilidade e respeito. Dentro da Instituição, nós asseguramos segurança e um ensino com excelência. Sejam bem-vindos!”, completa.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 35, em 25/2/2014. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Ambulatório Social: iniciativa de alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Neste sábado, dia 23 de março, alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizarão o Ambulatório Social. O objetivo é atender a população de baixa renda. A iniciativa ocorre a partir das 9h, na Paróquia Santa Cecília (Largo Santa Cecília, 202), em São Paulo (SP). A ação é idealizada pelo Projeto dos Primeiro-Anistas (PIPA) e integra as atividades de recepção dos calouros à Instituição.

Ambulatório Social - FCMSCSPCom a supervisão de médicos e residentes do Hospital de Ensino da Santa Casa de São Paulo, os estudantes da Faculdade irão proporcionar à comunidade um panorama sobre a sua condição de saúde, além de fornecer informações e orientações. “É um evento muito importante, pois as pessoas terão acesso a exames básicos. Somado a isso, os primeiro-anistas terão a oportunidade de exercer na prática ações que são fundamentais ao aprendizado do profissional da área médica”, diz João Pedro de Souza Cabral Simões, aluno do 3º ano do curso de Medicina e integrante da coordenadoria cultural do Centro Acadêmico Manuel de Abreu (CAMA).

Durante a iniciativa, os pacientes preencherão uma ficha de inscrição e serão direcionados a seis estações, que prestarão atendimentos diferentes:
– Identificação do paciente;
– Teste de glicemia;
– Medida de altura e de peso dos pacientes (cálculo do IMC);
– Aferição de pressão arterial;
– Orientações ginecológicas para as mulheres;
– Orientações gerais, em que o paciente terá uma visão sobre seu estado de saúde.