FCMSCSP abre inscrições para o Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana

saude_da_comunicacao_humana

Até o dia 22 de fevereiro de 2016, estão abertas as inscrições para o programa Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Com taxa de inscrição no valor de 75 reais, o Mestrado Profissional da FCMSCSP – pioneiro no estado de São Paulo –, é destinado aos fonoaudiólogos, pedagogos, psicólogos, entre outros interessados nos processos e distúrbios da linguagem, e visa capacitar, aprimorar e desenvolver a criação de produtos que possam melhorar a qualidade das assistências profissionais, além de torná-los aptos a utilizar evidências e metodologias investigativas científicas.

Saiba mais e inscreva-se no Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana

Anúncios

Ex-aluna do curso de Fonoaudiologia relata o porquê da escolha da área

Liliane Laviano

Liliane Laviano

Liliane Laviano ingressou no curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP, trancou a Faculdade por um ano e foi em busca do sonho de residir fora do país. Trabalhou como voluntária, cuidando de jovens e adultos com necessidades especiais, e retornou para o Brasil com a certeza de que a sua escolha pela Fonoaudiologia estava certa. Formada desde 2009, a Ex-Santa fez Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana, também na FCMSCSP, e conta ao Conectar sua trajetória acadêmica e profissional.

Conectar: Por que optou cursar Fonoaudiologia?
Liliane: Ao terminar o ensino médio, a única certeza que tinha era a de que queria uma profissão por meio da qual eu pudesse ajudar pessoas. Fiquei em dúvida entre os cursos de Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia. Marquei algumas conversas com profissionais das áreas mencionadas e cheguei à conclusão que seria fonoaudióloga. Mas a grande certeza de que estava no caminho certo só veio mesmo após o contato com pessoas especiais em minha vivência no exterior.

Conectar: Quais critérios lhe ajudaram a escolher a FCMSCSP?
Liliane: A qualidade do corpo docente composto por professores doutores que contribuem ativamente para o desenvolvimento da Fonoaudiologia. E o universo Santa Casa que me possibilitaria estar dentro de um hospital escola e vivenciar todas as possibilidades de atuação da Fonoaudiologia.

Conectar: Pode nos contar um pouco da sua experiência como aluna da FCMSCSP? Como era a sua rotina?
Liliane: Minha rotina como aluna era bastante corrida, pois junto com os estudos eu também dava aulas de inglês, organizava festas infantis e fazia baby-sitting. Mas apesar da correria, conseguia participar dos eventos organizados pela Faculdade e fiz uma Iniciação Científica, pois acredito que ambos complementam a formação e nos aproximam de profissionais conceituados.

Conectar: De que maneira o curso de graduação em Fonoaudiologia contribuiu para o seu crescimento profissional?
Liliane: Além de toda a excelência de conteúdo, o curso me ensinou a enxergar cada paciente como um ser único em suas dificuldades e habilidades, o que é um diferencial que reflete diariamente na minha prática profissional. Reconheço também que o curso me proporcionou clareza e objetividade para a atuação clínica, além do fato de que a base que recebi me permitiu obter recursos e conteúdos para trabalhar com a promoção de saúde da comunicação por meio de programas de formação de professores. Participei de cursos de curta duração principalmente na área de linguagem, trabalhei em projetos de pesquisa juntamente com a Prof.ª Dra Noemi Takiuchi e me dediquei à implantação e estruturação do Serviço de Fonoaudiologia das Obras Sociais do Mosteiro São Geraldo de São Paulo onde atuo com muita alegria e orgulho desde 2010, além de atender em consultório particular.

Conectar: Existem desafios que você enfrenta ou enfrentou na carreira que lhe permitem aplicar, na prática, o que aprendeu na Faculdade?
Liliane: Como em todas as profissões, conquistar espaço no mercado de trabalho é sempre um desafio para os recém-formados, leva tempo e necessita de atenção e manutenção constantes. Aplico os conteúdos aprendidos tanto na Graduação quanto no Mestrado, e procuro sempre me manter atualizada e em contato com os professores para poder atender a demanda específica de cada paciente, de pais e de professores.

Conectar: O que recomendaria para os que desejam cursar Fonoaudiologia?
Liliane: Busque conhecer todas as áreas de atuação da Fonoaudiologia; compartilhe conhecimentos e experiências com os professores; participe de eventos científicos; participe de eventos sociais; faça uma Iniciação Científica e aproveite muito todos os momentos que os quatro anos de faculdade podem oferecer.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 69, em 14/7/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

FCMSCSP: a primeira a oferecer em São Paulo o Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana

Pioneiro no estado de São Paulo, o programa Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas até o dia 31 de julho. saude_da_comunicacao_humanaDestinado aos fonoaudiólogos e demais profissionais, como pedagogos e psicólogos, entre outros interessados nos processos e distúrbios da linguagem, o curso visa capacitar, aprimorar e desenvolver serviços que incorporem inovação tecnológica com habilidades, ou seja, viabiliza a criação de produtos que possam melhorar a qualidade das assistências profissionais, além de torná-los aptos a utilizar evidências e metodologias investigativas científicas.

 

Confira mais informações, inscrições e edital clicando aqui.