Defesa do direito à saúde

No próximo dia 5 de novembro, quarta-feira, das 14h às 16h, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza o evento Participação Popular na Defesa do Direito à Saúde. O encontro é dirigido a professores e alunos de graduação na área da saúde e o objetivo é discutir as diferentes atuações de participação popular atual na garantia do direito à saúde e à cidadania.

Inscreva-se, gratuitamente, preenchendo o formulário abaixo:

Para mais informações sobre a programação, clique aqui.

Participação Popular no Direito à Saúde

Local do evento: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Anfiteatros Prof. Dr. Paulo A. Ayrosa Galvão e Prof. Dr. Emilio Athié
Rua Dr. Cesário Motta Júnior, 112, Vila Buarque, São Paulo (SP)

Obs.: colabore e traga no dia do evento um livro e ajude a biblioteca da Comunidade de Paraisópolis.

Graduação em Enfermagem: estude no melhor curso do país

Vestibular 2015 FCMSCSPO curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo iniciou suas atividades didático-pedagógicas em 2001 e suas bases estão fundamentadas no ser humano, tendo como foco a assistência, bem-estar, prevenção e promoção da saúde em diferentes âmbitos. Na FCMSCSP, o  curso de Graduação em Enfermagem conta com uma estrutura pedagógica alinhada às atuais transformações científicas e sociais, visando à formação de profissionais competentes para atuar no mercado de trabalho atual e encarar os desafios relacionados à saúde pública.

Prática reconhecida

Desde o início, o aluno passa por uma intensa vivência prática no complexo hospitalar da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o que proporciona plenas condições de atuação e desenvolvimento das habilidades necessárias para exercer de forma ética e humana a profissão. É o melhor curso de Graduação em Enfermagem do país, entre as instituições de ensino particulares, de acordo com o ranking de cursos da Folha RUF (Ranking Universitário de Cursos – edição 2014), com corpo docente qualificado, em sua maioria, mestres e doutores. Saiba mais.

Oportunidade de bolsas (100%)

O Vestibular 2015 da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo para o curso de Graduação em Enfermagem oferecerá, por intermédio da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, 15 bolsas de estudos integrais (100%) para candidatos em condição de carência socioeconômica que atendam aos requisitos do Edital do Processo Seletivo da FCMSCSP e sejam aprovados no vestibular, na modalidade Quota Social.

Desconto especial de 50% para os 10 primeiros classificados

Como forma de reconhecimento ao desempenho dos candidatos, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo  concederá um desconto especial de 50% aos 10 primeiros classificados no vestibular de Ampla Concorrência. Inscreva-se no Portal da FCMSCSP.

Dor crônica pelo corpo é o principal sintoma da fibromialgia

Ao contrário do que muitos pensam, a fibromialgia não acomete um órgão específico e nem pode ser detectada por meio de exames. De modo geral, ela é uma síndrome que provoca dores crônicas intensas no corpo, que podem ser acentuadas de acordo com cada paciente.

Dr. Dawton Yukito Torigoe, professor de Reumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Dawton Yukito Torigoe, professor de Reumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Entre seus principais sintomas estão: dores de cabeça e corpo em geral, perda de sono e de memória, dormência nas mãos e fadiga constante. “A dor é contínua, mas pode se agravar em casos de muito estresse, ansiedade ou queda de temperatura. Vale ressaltar que essa síndrome tem uma importante relação com o humor. A depressão e a ansiedade são muito comuns nos quadros clínicos de pacientes que sofrem com a fibromialgia”, afirma o Dr. Dawton Yukito Torigoe, professor de Reumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O perfil da pessoa acometida pela síndrome também é característico, sendo, em geral, composto por indivíduos perfeccionistas, com múltiplas atividades e que têm dificuldade em delegar funções, ou seja, vivem sobrecarregadas e sofrem com estresse diário.

“A fibromialgia é expressivamente mais comum em mulheres do que nos homens. A cada dez pacientes, nove são mulheres, a sua maioria entre 30 e 40 anos. Como não é identificada por meio de exames, seu diagnóstico é basicamente clínico. São analisados os sintomas do paciente, bem como seu histórico, perfil e faixa etária”, explica o Dr. Torigoe.

Exercícios físicos no tratamento

Apesar das dores, às vezes, não serem eliminadas completamente, uma vez detectada a síndrome, o paciente inicia tratamento farmacológico combinado com atividades físicas. “Provavelmente, a parte mais importante está ligada aos exercícios físicos como os aeróbicos, os de fortalecimento de musculatura e alongamento. O paciente é orientado a fazer caminhada, corrida, natação, hidroginástica, musculação, ou pilates”, afirma o professor.

No tratamento farmacológico, são receitados remédios analgésicos, relaxantes musculares e os que provocam o sono, já que as maiores queixas são, além das dores, a perda total ou parcial do sono. “Outro fator importante é o acompanhamento desse paciente por um psicólogo ou psiquiatra para que se evitem grandes alterações de humor e a pessoa sofra com uma crise de intensificação da dor”, finaliza o Dr. Torigoe.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 51, em 7/10/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Tecnólogo em Radiologia: inscrições abertas para o Vestibular 2015

Vestibular 2015 FCMSCSPO curso de graduação para formação de tecnólogos em Radiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo promove a experiência prática na produção de imagens hospitalares, contando com o apoio da infra-estrutura da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. O Dr. Homero Melo, diretor dos cursos de Tecnologia da Faculdade Santa Casa de São Paulo, lembra que “ao terminar a graduação, o profissional poderá atuar em todas as áreas da radiologia, que abrange radiologia convencional e contrastada, mamografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética e medicina nuclear, e na radioterapia”.  O programa tem 3 anos de duração e será oferecido no período noturno.

Oportunidade de bolsas (100%)

O Vestibular 2015 da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo para o curso de Graduação em Tecnologia em Radiologia oferecerá, por intermédio da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, 15 bolsas de estudos integrais (100%) para candidatos em condição de carência socioeconômica que atendam aos requisitos do Edital do Processo Seletivo da FCMSCSP e sejam aprovados no vestibular, na modalidade Quota Social.

Desconto especial de 30% para os 10 primeiros classificados

Como forma de reconhecimento ao desempenho dos candidatos, a FCMSCSP concederá um desconto especial de 30% aos 10 primeiros classificados no vestibular de Ampla Concorrência. Se você é funcionário da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo terá direito a um desconto de 20% nesta modalidade do vestibular, se aprovado em uma das 35 vagas oferecidas. Caso esteja entre os 10 primeiros, recebe também 30% de desconto sobre a mensalidade já reduzida.

Sobre a Graduação em Tecnologia em Radiologia

O que o aluno aprende no curso também poderá ser aplicado no setor veterinário e no segmento industrial, pois muitas empresas utilizam aparelhos de raios-X, ultrassom e ressonância magnética para avaliarem seus produtos. Saiba mais e faça a sua inscrição.

Fonoaudiologia: vestibular com inscrições abertas na FCMSCSP

Vestibular 2015 FCMSCSPA Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo concederá desconto de 50% na mensalidade do curso de Graduação em Fonoaudiologia aos 10 primeiros colocados no vestibular 2015 na modalidade Ampla Concorrência. Há também bolsas de estudo (100%) oferecidas pela Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da FCMSCSP, para candidatos em situação de carência socioeconômica. Confira mais detalhes no Portal R7: clique aqui.

Curso é premiado por mais um ano consecutivo

Entre as melhores instituições do país, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo obteve por mais um ano consecutivo o selo Guia do Estudante 4 estrelas para o programa de Graduação em Fonoaudiologia. Com 4 anos de duração, oferecido no período matutino, o curso é um dos mais respeitados no Brasil e teve seu processo de criação estudado e avaliado por Comissão nomeada pelo Ministério da Educação, recebendo conceito A. Foi autorizado pela Portaria 4.478 de 22/12/2005, D.O.U. de 23/12/2005 – Decreto Federal 3.908/2001.

A Grande Beleza: debate aberto promovido pela Liga de Neurociências da FCMSCSP

Liga de Neurociências da FCMSCSP debate o filme Grande BelezaA Liga de Neurociências da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo debate no próximo dia 15/10, quarta-feira, a partir das 17h30, o filme “A Grande Beleza”. O encontro é aberto e será realizado no Anfiteatro Paulo A. Ayrosa Galvão, na Rua Dr. Cesário Motta Jr., 112, Vila Buarque, São Paulo (SP).

Estarão presentes os professores Dr. Antonio João Tedesco Marchese, Dr. Daniele Riva, Dra. Marinella Della Negra e Dra. Carmen Lúcia Penteado Lancellotti.

Depressão atinge 10% da população brasileira, segundo OMS

Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto e chefe do departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto e chefe do departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Tristeza intensa, dificuldade de realizar tarefas comuns, falta de sono, alteração do apetite e diminuição da energia vital são alguns sintomas indicadores da depressão. O mal que atinge cerca de 10% da população brasileira, um dos maiores índices no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é um transtorno que acompanha a história da humanidade. Ao contrário do que muitos pensam, é um distúrbio que apresenta evidências de alterações químicas no cérebro e no organismo, de forma geral.

Em diversos níveis, a depressão pode ser uma resposta do organismo a traumas psicológicos. Situações de profunda tristeza, luto, abandono, além de enfermidades como o hipotireoidismo podem resultar em quadros do transtorno. Em casos mais graves, o paciente pode tentar atos contra a vida.

Mais comum em mulheres, a depressão pode atingir todas as faixas etárias, inclusive crianças. Conhecida como “mal do século XXI”, a cada dia toma novas proporções e estratégias de tratamento. Uma delas é a prática de atividade física como adjuvante do acompanhamento medicamentoso e psicoterápico. Principalmente pela sensação de bem-estar que promovem, os exercícios aeróbicos e anaeróbicos apresentam bons resultados em pacientes depressivos.

Atividade física como aliada do tratamento

“Existem várias possibilidades terapêuticas no tratamento da depressão. Em casos mais graves, em que o indivíduo não respondeu a nenhum tratamento, pode-se recorrer a eletroconvulsoterapia, que é a indução de uma crise convulsiva por meio da aplicação de uma descarga elétrica no cérebro do paciente”, explica o Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto e chefe do departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. “A atividade física também é uma estratégia de tratamento. Todavia, ela nunca pode ser aplicada como intervenção isolada, apenas como complementar do acompanhamento farmacológico e psicoterápico. No entanto, como tratamento adjuvante, seus resultados são muito bons”, explica o professor.

Apesar dos benefícios da prática esportiva no tratamento clínico da depressão, estimular o paciente ao exercício não é uma tarefa fácil, já que há uma diminuição considerável da disposição física em virtude do problema. “Na maioria das vezes, se inicia o tratamento medicamentoso e psicoterápico e, quando nota-se melhora no quadro, é que se que introduz uma rotina de atividade física. Isso de acordo com a abertura que a pessoa der para essa possibilidade. Mas, quando se consegue essa adesão, as respostas do paciente são sempre muito favoráveis”, comenta.

Benefícios

Quando aliado à atividade física, o tratamento clínico da depressão tem resultados muito eficientes, pois melhora a disposição do indivíduo, produz uma sensação de bem-estar e melhora o curso do sono. Além disso, quando incorporada a uma rotina fixa, a prática também é benéfica no monitoramento de peso, na produtividade de atividades rotineiras e diminuição de riscos de doenças cardíacas e hipertensão.

“A atividade física, em geral, é recomendada a todos. Existem diversos estudos que comprovam a eficácia dessa prática na manutenção de uma vida saudável e na prevenção de doenças cardiovasculares em geral. Portanto, recomendo sempre”, finaliza o professor.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 51, em 7/10/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.