Síndrome degenerativa compromete coordenação motora

Rubens-Gagliardi-fcmscsp

Dr. Rubens Gagliardi, professor titular de Neurologia da FCMSCSP

“Machado-Joseph” é uma doença do sistema nervoso central, hereditária e que desenvolve uma série de comprometimentos em algumas áreas específicas do cérebro. A repercussão em torno deste tema ficou mais evidente em julho deste ano, quando o ator Guilherme Karan faleceu em decorrência de complicações da síndrome, ao longo dos últimos 11 anos. Poucos dias após a morte do ator, o jornalista Arnaldo Duran, atualmente na equipe da TV Record e Record News, revelou estar com a doença.

Segundo o Dr. Rubens Gagliardi, professor titular de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, por comprometer as áreas cerebelares, os primeiros sintomas que o indivíduo apresenta são as alterações na coordenação motora. “A pessoa tem dificuldade para pegar objetos nas mãos, caminha com desequilíbrio, semelhante ao indivíduo alcoolizado”, conta o neurologista. A doença também causa alterações na fala, na visão, na deglutição, além de rigidez nos movimentos, parecida com a doença de Parkinson.

Para amenizar a agressividade da doença, não há um tratamento específico. De acordo com o neurologista, o que pode ser feito é o tratamento sintomático. “Esse tratamento é feito dependendo dos sintomas que o indivíduo apresenta. Existem medicamentos que combatem a rigidez e deixam a musculatura mais leve, por exemplo. Se houver alteração na fala e problemas com a deglutição, é indicada uma terapia com um fonoaudiólogo. Para os problemas com a coordenação motora, a fisioterapia. Os sintomas podem ser tratados, mas não a doença”, explica.

O nome da doença é a junção dos sobrenomes dos primeiros indivíduos que apresentaram os sintomas da síndrome: William Machado e Antone Joseph, imigrantes nos Estados Unidos, vindos do arquipélago de Açores, local onde a patologia é predominante.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 95, em 23/8/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.