Kinin Brazil 2015: FCMSCSP sedia encontro internacional

De 28 de junho a 1º de julho, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo sediou o evento “Kinin 2015 – International Meeting on Kinin System and Peptide Receptors“. Com o objetivo de debater e apresentar os últimos avanços de pesquisas sobre o envolvimento das cininas e de receptores peptidérgicos nos processos fisiopatológicos de diversas doenças, o simpósio reuniu pesquisadores da Alemanha, Brasil, Canadá, Chile, EUA, França, Israel, Itália e Suíça.

Kinin Brazil 2015 - Faculdade Santa Casa de SP

Kinin 2015 – International Meeting on Kinin System and Peptide Receptors

O evento acontece desde a década de 50, a cada 2 ou 3 anos, em diversos países, tendo como um dos seus idealizadores o Prof. Maurício Rocha e Silva, descobridor da bradicinina. A edição anterior do meeting no Brasil aconteceu em 1993.

“As cininas são moléculas que possuem poucos aminoácidos e apesar de estudadas desde os anos 50, ainda apresentam muitas descobertas científicas. Elas estão relacionadas ao desenvolvimento de várias doenças que aparecem com incidência muito grande na população”, esclarece o Dr. Hudson Buck, pesquisador e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, um dos organizadores do encontro.

A programação do evento foi distribuída em módulos para fomentar discussões sobre o sistema calicreína-cininas em doenças como diabetes, esclerose múltipla, angiodema, doenças neurodegenerativas, chagas, obesidade, hipertensão, doenças renais, epilepsia e lesões traumáticas, entre outras. Oficialmente, o simpósio internacional é realizado pela Fundação EK Frey-E. Werle da família de Henning L. Voigt, da Alemanha, com objetivo de conceder medalhas a pesquisadores com notável contribuição para o campo de cininas e peptídeos relacionados. Os melhores trabalhos apresentados no encontro serão premiados por um comitê científico específico. Direcionado a profissionais e estudantes da área biomédica, o evento contou com apresentações de trabalhos que consistem em novos achados científicos, ainda não publicados, que foram discutidos nos diversos paineis e áreas de estudo das cininas.

Kinin no Brasil

“Além de favorecer a internacionalização de pesquisas nacionais, a iniciativa é muito importante para aumentar a interação de grupos de pesquisadores estrangeiros com os brasileiros e na melhora de qualidade dos resultados dos projetos. Além disso, receber um simpósio desta importância na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, ressalta ainda mais a qualidade e a tradição do ensino na área da saúde que a Instituição oferece. O evento, inclusive, recebeu total apoio FCMSCSP em espaço, divulgação e profissionais para trabalhar durante o evento”, reforça o Dr. Hudson Buck, chefe do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

Nesta edição, o evento foi organizado pela FCMSCSP em parceria com a fundação alemã EK Frey-E. Werle, contando com o apoio da Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado de São Paulo (Fapesp), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da fundação canadense Congrès Science Québec.

Anúncios