Estágios são fundamentais para o desenvolvimento profissional

homero-melo-fcmscsp

Prof. Dr. Homero José de Farias e Melo, diretor dos Cursos de Graduação Tecnológica da FCMSCSP

Primeiro passo para o desenvolvimento da vida profissional de um universitário, o estágio é essencial para colocar em prática tudo aquilo que é aprendido em sala de aula por um estudante, além de promover troca de experiências com colegas da área e amadurecimento profissional e pessoal. Sabendo da importância dessa prática, a Diretoria dos Cursos de Graduação Tecnológica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, desde o primeiro dia do ingresso na Instituição, incentiva seus alunos a irem em busca de oportunidades de estágios, sejam eles curriculares ou extracurriculares.

Nos estágios curriculares na área de Radiografia, por exemplo, os alunos exercem a prática de Tomografia Computadorizada e Raio-X, tanto geral como ortopédico ou em centro cirúrgico. Desde o início do curso, os estudantes vivenciam as aulas práticas nas disciplinas das técnicas radiológicas na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Já os estágios extracurriculares, geralmente realizados em empresas privadas (hospitais, clínicas etc.), também possibilitam aos alunos colocarem em prática aquilo que aprendem nos cursos de graduação Tecnológica da FCMSCSP, além de serem remunerados, o que os torna ainda mais atrativos para os estudantes. A realização dos estágios extracurriculares é possível, principalmente, pelo diferencial da FCMSCSP na oferta desses cursos no período noturno, o que facilita a contratação dos estudantes por parte das empresas que necessitam de estagiários trabalhando nos períodos da manhã e tarde, em sua maioria.

“O estágio é uma maneira para o estudante se desenvolver e ter uma possibilidade real de ser contratado. Os que estão indo para o mercado, já estão fazendo a diferença, pois quanto mais o aluno associar a prática com a teoria, mais rapidamente ele conseguirá fazer as conexões dentro de sala de aula. Isso fará dele um estudante e profissional melhor”, explica Dr. Homero José de Farias e Melo, diretor dos Cursos de Graduação Tecnológica da FCMSCSP.

“As aulas da FCMSCSP são fundamentais para o meu desenvolvimento onde obtenho o conhecimento e lições para a prática do dia a dia, me dando o suporte que necessito. O estágio extracurricular é de extrema importância para agregar altos parâmetros e novos conhecimentos na área, aderindo um contato direto com os pacientes onde tenho a oportunidade de colocar em prática aquilo que aprendo em sala de aula e também onde cada dia pode-se descobrir o ofício de trabalhar na área e assim, contribuir com o que faremos após a nossa formação”, conta Maria Aline Soares, aluna do curso de Graduação Tecnológica em Radiologia da FCMSCSP e que atua como estagiária na Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI).

Aluno da graduação em Enfermagem da FCMSCSP ingressa em concorrido curso

O aluno Nelson FrancProf. Dr. Jair Guilhermeisco Correa Neto, que cursa o 7º semestre da graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, foi um dos selecionados para participar do 19º Curso de Inverno de Farmacologia da Faculdade de Medicina da USP.

Com duração de 15 dias, o concorrido programa tem como principal objetivo mostrar técnicas utilizadas em pesquisas. O aluno passou por uma análise curricular, na qual foram avaliados requisitos como formação, estágios, pesquisas desenvolvidas, participação em congressos e histórico escolar.

De acordo com o estudante, a Faculdade Santa Casa de São Paulo o incentivou a participar do programa, além de ter colaborado para a concretização de seu ingresso. “O curso é bastante concorrido e conceituado, e conta com a participação de candidatos do país inteiro. Com certeza, ele irá contribuir muito no desenvolvimento de minha carreira. Vou adquirir conhecimentos teóricos e práticos de temas extremamente importantes, além de conhecer profissionais de todo o Brasil e trocar inúmeras experiências”, afirma.

Atualmente, Nelson participa do grupo de iniciação científica “Potencialização do sistema endocanabinóide e a reconsolidação da memória associativa de reforço positivo induzida por etanol em camundongos”, da Faculdade Santa Casa de São Paulo.

De acordo com o Dr. Jair Guilherme dos Santos Junior, professor adjunto de Farmacologia da Instituição e coordenador do projeto, a pesquisa aborda a dependência de drogas, com testes realizados em camundongos. “A dependência pode ser considerada uma memória de longa duração que está em constante reconsolidação, o que a torna cada vez mais potente. Portanto, a inibição do processo de reconsolidação tem um grande potencial terapêutico. Nosso objetivo é interferir nesse processo através da potencialização do sistema endocanabinóide”, afirma.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 21, em 10/7/2013. Assine nossa newsletter http://www.fcmsantacasasp.edu.br