FCMSCSP está com inscrições abertas para especializações na área de Fisioterapia

Para você, fisioterapeuta, que está à procura de uma especialização como forma de aprimoramento profissional, esta é a sua oportunidade. Na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo você pode dar continuidade aos seus estudos com os cursos de Pós-graduação na área de Fisioterapia. Todas as especializações contam com docentes que possuem ampla experiência e com o trabalho de coordenadores preparados que asseguram a atualização constante dos cursos.  Conheça, na relação a seguir, quatro cursos que já estão recebendo inscrições no Portal FCMSCSP.

  • Fisioterapia Cardiorrespiratória e Metabólica

Com duração de 13 meses, o curso de Pós-Graduação em Fisioterapia tem como objetivo capacitar o profissional na especialidade em todas as dimensões: prevenção, tratamento e reabilitação. Inscrições abertas até dia 15 de agosto. Para mais informações, acesse o Portal FCMSCSP.

  • Fisioterapia Hospitalar

A Pós-graduação em Fisioterapia Hospitalar conta com carga horária de 1652 horas e tem duração de 13 meses, incluindo a entrega da monografia. O objetivo do programa é capacitar o profissional a desenvolver a prática clínica com conhecimento científico, promover conhecimento teórico para uma abordagem fisioterápica prática e concisa, evidenciando a necessidade da atuação fisioterápica preventiva nos programas de reabilitação cardiorrespiratória e metabólica, visando o retorno dos pacientes ao convívio sociocultural a que pertencem. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de agosto, pelo Portal FCMSCSP.

  • Fisioterapia nas Afecções da Coluna Vertebral

Com duração de 13 meses e aulas aos sábados, das 8h às 16h40, o curso de Pós-Graduação em Fisioterapia nas Afecções da Coluna Vertebral tem como objetivo oferecer instrumentalização a seus alunos por meio de conhecimentos para avaliação criteriosa e entendimento do processo patológico, a fim de que possa propor a forma mais eficaz de intervenção fisioterapêutica. Este programa de especialização lato sensu também proporciona aos seus alunos a perspectiva de ensino e de pesquisa na área. As inscrições vão até 15/8 e podem ser feitas diretamente, no Portal FCMSCSP.

  • Fisioterapia na Saúde da Mulher e do Homem

O curso de Pós-graduação em Fisioterapia na Saúde da Mulher e do Homem tem como foco promover o bem-estar, prevenção, tratamento e reabilitação do paciente, a fisioterapia possui campo de atuação amplo e concorrido, embora as áreas mais conhecidas da carreira ainda sejam as traumato-ortopédica, neurológica, esportiva e, atualmente, a área de estética. Sempre atenta à evolução da área da saúde, em que cada vez mais os fisioterapeutas são requisitados para atuar nas áreas de ginecologia, obstetrícia e urologia. Inscrições podem ser feitas até o dia 15/8, no Portal FCMSCSP.

  • Fisioterapia no Envelhecimento Ativo

O curso de Pós-Graduação em Fisioterapia no Envelhecimento Ativo tem por objetivo capacitar o profissional a desenvolver a prática clínica no processo de envelhecimento com conhecimento científico, promover conhecimento teórico para uma abordagem fisioterápica prática e concisa, evidenciando a necessidade da atuação fisioterápica preventiva nos programas de reabilitação do indivíduo que está no processo de envelhecimento, visando a permanência, melhora e/ou retorno destes ao convívio sociocultural a que pertencem. Inscreva-se até o dia 15/8, na página do curso de Pós-graduação em Fisioterapia no Envelhecimento Ativo.

  • Fisiologia do Exercício Aplicada à Clínica Médica

O curso de Pós-graduação em Fisiologia do Exercício Aplicada à Clínica Médica tem como objetivo promover conhecimento teórico-prático do treinamento físico, evidenciando a importância do mesmo na clínica médica e cirúrgica como terapêutica de prevenção e reabilitação. Inscreva-se até o dia 15/8 no Portal FCMSCSP.

Anúncios

FCMSCSP tem inscrições abertas para novo curso de Pós-graduação em Psicossomática

Até o dia 4 de abril de 2018, estão abertas as inscrições para o novo curso de Pós-graduação em Psicossomática da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Com taxa de inscrição no valor de 90 reais, o programa da FCMSCSP é voltado para médicos, psicólogos, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, educadores físicos, psicopedagogos, nutricionistas e dentistas formados com registros ativos em seus respectivos conselhos de classe.

Segundo o Dr. Artur Zular, supervisor técnico do curso de pós-graduação em Psicossomática, neste curso os alunos irão aprender a relação profissional-paciente com foco na pessoa e não nas doenças. “Hoje, esgotados os inequívocos avanços que a tecnologia nos trouxe, o principal diferencial do profissional para melhor conduzir o diagnóstico e a terapêutica eficiente é saber lidar com pessoas, entender que o corpo não é um aglomerado de órgãos mas, sim, um complexo sistema modulado por eixos psicobioneuroimunológicos, onde as emoções têm papel preponderante na eclosão dos processos adaptativos, eustress/distress e no desencadeamento de disfunções e inúmeras doença”.

Para o Dr. Artur, neste campo, a graduação não é suficiente para habilitar os profissionais em todas as suas necessidades, o volume de informação é muito grande e a prática profissional após a formatura é solitária e angustiante, muitas vezes gerando doença em quem cuida. Estas questões são alvo de atenção no curso, que gera vínculos atemporais entre os alunos e, também, com os professores, experts em ensinar e especialistas em acolher, com holding e handling winicotianos.

O curso é resultado de 52 anos de prática didática da psicossomática brasileira, através da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática – Regional São Paulo, sendo supervisionado pelo próprio Dr. Artur Zular, reconhecido como um dos mais respeitados nomes da Psicossomática no país, presidente da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática – SP e diretor científico do comitê multidisciplinar de medicina psicossomática da Associação Paulista de Medicina.

“Além do que, este é o primeiro curso no país e, talvez, no mundo, a ter aulas teóricas e práticas juntando alunos de todas as áreas da saúde, atendendo em conjunto os pacientes em um ambulatório didático, sob a supervisão de profissionais altamente capacitados. Haverá discussão de casos nas unidades de terapia intensiva, maternidade, pronto socorro, trauma e cirurgia, pediatria, etc. A monografia terá uma atenção especial por parte dos professores orientadores e, para os que tiverem interesse, grupos de pesquisa e clínica serão formados para darem continuidade a seus projetos”, ressalta o professor.

Serviço
Inscreva-se aquiPós-graduação em Psicossomática
Coordenação: Prof. Dr. Ricardo Riyoiti Uchida
Supervisão Técnica: Dr. Artur Zular
Vagas: 65
Prazo para inscrições: até 4 de abril de 2018
Carga horária total: 480 horas
Duração do curso: 28 meses (incluindo a entrega da monografia)

Horário do Curso:
Um final de semana por mês, sendo:
– Sábado: conteúdo teórico, das 9h às 18h00
– Domingo: prática ambulatorial, das 8h às 17h00
– As aulas práticas serão realizadas no CAISM – Rua Major Maragliano, 241, Vila Mariana (SP)

Investimento total:
Matrícula: R$ 500,00
28 parcelas de R$ 1.200,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 122, em 12/1/2018. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-hospitalar

urgencia-e-emergencia-pos-graduacao-faculdade-santa-casaA Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-hospitalar. O programa apresenta uma grade curricular abrangente, com professores experientes e capaz de suprir as necessidades de formação acadêmica, além atender às exigências do mercado de trabalho que necessita de profissionais preparados para atuar nesta área crítica da saúde brasileira.

OBJETIVOS

  • Oferecer treinamento teórico-prático, atendendo as expectativas e exigências do mercado de trabalho para capacitação, aperfeiçoamento e atualização em Assistência de Enfermagem em Urgência e Emergência, Atendimento Pré-Hospitalar e Atuação em Catástrofes com a visão para o Adulto, Criança, Gestante e Saúde Mental (Psiquiátrico);
  • Instrumentalizar o aluno para atuação no ensino, pesquisa, assistência e gestão relacionadas à área de enfermagem em Urgência e Emergência e Atendimento Pré-Hospitalar.

PÚBLICO-ALVO
Enfermeiros graduados

COORDENAÇÃO
Prof.ª Mestra Aline Beatriz Moreira Gullo

DURAÇÃO DO CURSO
15 meses, totalizando 460 horas, entre aulas teóricas, práticas e Trabalho de Conclusão de Curso

PERIODICIDADE
Turma I:
Aulas às segundas e quartas-feiras, das 19h às 23h00
Turma II: Aulas às terças e quintas-feiras, das 19h às 23h00
Turma III: Aulas aos sábados, das 8h às 17h00

POR QUE FAZER

A Pós-Graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-Hospitalar da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo é um programa lato sensu coordenado e ministrado por experientes professores, em sua maioria mestres e doutores, e oferecido por uma das mais tradicionais instituições de ensino superior do país.

PERÍODO DE INSCRIÇÕES

De 15/5/2017 a 17/7/2017

PROCESSO SELETIVO

Entrevista, a ser realizada no dia 26 ou 27/2/2017, das 14h às 18h, ou das 19h às 21h00.

INÍCIO DAS AULAS

2/9/2017, sábado, às 9h (Aula inaugural)

INVESTIMENTO

  • Taxa de Inscrição: 85 reais
  • Valor do Curso*: 15 parcelas de R$ 661,00

(*) Desconto de 30% para ex-alunos da FCMSCSP e funcionários da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (ISCMSP)

 

LOCAL DO CURSO

Rua Dr. Cesário Motta Jr., 61 – Vila Buarque – São Paulo (SP)

Acesse a página do curso de Pós-graduação em Enfermagem em Urgência e Emergência com Ênfase em Atendimento Pré-hospitalar da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e inscreva-se!

 

FCMSCSP conta com novo curso

page2_img_david_calderoni2

Prof. Dr. David Calderoni, coordenador da especialização em Psicopatologia e Saúde Pública

O novo curso de Pós-graduação em Psicopatologia e Saúde Pública da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo tem como objetivo desenvolver profissionais da área da saúde por meio de elementos históricos e atuais para fundamentar e estabelecer um campo de diálogo entre a psicofarmacologia, a psiquiatria e a psicanálise, sobre as formas de diagnóstico e tratamento do sofrimento psíquico, proporcionando instrumentos teóricos e práticos para a pesquisa, a intervenção e o ensino na área da saúde mental e respectivas políticas públicas.

Uma qualidade decisiva do curso, segundo o professor, é o corpo docente. Isso porque as disciplinas presentes no programa conseguiram reunir renomados especialistas em áreas distintas – tais como fenomenologia, psicanálise e humanização em saúde. “Essa união promove um clima de grande abertura ao diálogo que dá o tom das aulas e que se expressa na grande variedade de linhas e temas das monografias dos alunos, sem perda de rigor. Cada cabeça, uma sentença, rimando liberdade e excelência”, finaliza.

Serviço
Inscreva-se aqui: Pós-graduação em Psicopatologia e Saúde Pública
Coordenação: Prof. Dr. Guilherme Peres Messas, Prof. Dr. David Calderoni e Prof.ª Maria Lúcia de Moraes Borges Calderoni

Vagas: 55
Prazo para inscrições: até 5 de março de 2017
Carga horária total: 490 horas
Duração: 18 meses
Horário: às segundas e quintas-feiras, das 19h às 22h30
Atividades presenciais em equipamentos de saúde mental pública: quartas-feiras, das 14h às 17h, até o cumprimento da carga horária requerida (8 encontros ao longo do ano letivo)
Investimento total: 16 parcelas mensais de R$ 790,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 105, em 2/3/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

 

Enfermagem em Centro Diagnóstico da FCMSCSP, o primeiro do país

Maria-Lucia-Sousa-Costa-FCMSCSP

Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa

Há alguns anos, a área de enfermagem se ampliou e passou a exigir dos enfermeiros, cada vez mais, uma boa formação universitária, além de especialização, em virtude da competitividade do mercado.

Em busca de inovação, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a partir de uma parceria inicial com o laboratório Fleury Medicina e Saúde, criou o curso de especialização em Enfermagem em Centro Diagnóstico.  “Esse é o primeiro curso do Brasil e, durante algum tempo, foi o único. Embora a parceria com o laboratório tenha sido finalizada após a conclusão de duas turmas, entendemos que era interessante manter a oferta desse curso de pós-graduação para a formação de novos profissionais”, ressalta a Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP e coordenadora do curso de especialização.

Em um primeiro momento, acrescenta a Dra. Maria Lucia, a especialização permitia aos enfermeiros estarem aptos a cuidar de pacientes em pré, trans e pós exame: “Com a experiência dos alunos,  entretanto, percebemos ao longo do curso que o enfermeiro de Centro Diagnóstico acabava, praticamente, por se tornar um gerente de todos os processos de trabalho. Então fizemos uma atualização no currículo, aumentando as horas de gerenciamento da assistência de enfermagem, mantendo também as disciplinas nas quais o enfermeiro aprende a cuidar do paciente”, explica.

De acordo com a coordenadora, ao cursar a especialização, com foco em gestão, o enfermeiro  pode controlar todas as demandas de um Centro Diagnóstico, entre as quais a contratação, o treinamento e a supervisão de profissionais; a avaliação e a prescrição do paciente; a gestão e a solicitação de material para área. “Temos um curso bem estruturado, com disciplinas que formarão enfermeiros com habilidades e competências necessárias com essa finalidade”, complementa.

Quanto ao perfil dos que procuram o curso, a Dra. Maria Lucia explica que, nas turmas mais recentes, 90% dos alunos já trabalhavam na área, mas sentiam a necessidade de se aprimorar para exercer o trabalho da melhor forma. Existem também diversas oportunidades profissionais no mercado, já que muitos hospitais, por exemplo, desejando obter ou manter seus selos de acreditação, contratam regularmente enfermeiros especializados. “Nas disciplinas de gestão, trabalhamos com ênfase na questão da qualidade que, no Brasil, ainda é relativamente nova, pois existe há 20 anos apenas. Para referência, hoje, nos EUA, nenhum plano paga as contas de seu associado se o hospital atendido não tiver o selo de qualidade. Em São Paulo, o campo de atuação é amplo, pois sabemos, inclusive, que já existe um bom número de hospitais com selos da Organização Nacional de Acreditação (ONA), Joint Commission International e outros”, conclui.

Confira, no Portal FCMSCSP, mais informações sobre o curso de especialização em Enfermagem em Centro Diagnóstico. As inscrições estarão abertas até 10/8.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 69, em 14/7/2015. Assine nossa newsletter: www.fcmsantacasasp.edu.br.

Quando chega o momento de se decidir pela especialização em Medicina

Dr. José Eduardo Lutaif Dolci

Dr. José Eduardo Lutaif Dolci

Após seis anos de dedicação, chega a hora do jovem médico pensar em sua especialização. Segundo dados do Conselho Federal de Medicina, o país possui cerca de 400 mil médicos, sendo que, de acordo com estudo de 2012 do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), há no estado de São Paulo 106.418 médicos em atividade, dos quais 55,96% têm uma especialidade médica ou até mais. Ainda de acordo com o órgão, pediatria, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, anestesiologia, clínica médica, ortopedia e traumatologia, cardiologia, oftalmologia, radiologia e diagnóstico por imagem e medicina do trabalho são as dez primeiras especialidades mais preenchidas no estado.

Nesta matéria, o Dr. José Eduardo Lutaif Dolci, diretor do curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, esclarece como a FCMSCSP tem se preocupado com a qualidade de ensino na formação de seus alunos, inclusive para que conheçam os caminhos necessários no caso de optarem por uma especialização na área. Acompanhe.

Conectar – Como tem sido a experiência da FCMSCSP na orientação a seus alunos a respeito da especialização a seguir?
Dr. Dolci – Na verdade, não fazemos nenhum direcionamento do aluno para a escolha de especialidade, principalmente porque nossa Escola sempre se orgulha por formar médicos generalistas – e muito bem formados. Desde o primeiro ano, os alunos têm amplo contato com os pacientes do Hospital Central e Unidades Básicas de Saúde (UBS), reforçando o conceito de formar o médico com ampla visão biopsicossocial. Os alunos começam a ter uma visão das especialidades entre o 3º e o 4º ano, visão esta mais teórica, mas é no internato que terão uma vivência das especialidades. Temos ainda o eletivo no 6º ano, que é um período de seis semanas no final do ano, no qual o aluno escolhe uma das especialidades – inclusive a clínica médica – em que passará por esse período para conhecer melhor a área e ajudá-lo a decidir qual aquela que deverá seguir em sua carreira de médico.

Conectar – De que forma as atividades extracurriculares da Faculdade, como o Programa Expedições Científicas e Assistenciais (PECA), contribuem no apoio à decisão dos alunos em suas especialidades?
Dr. Dolci – As atividades extracurriculares, em especial o PECA e as ligas acadêmicas, ajudam os alunos no desbravamento das especialidades, porque eles têm a oportunidade de ver, na prática, o papel do médico na sua área de atuação e, principalmente, a repercussão de sua atuação na sociedade.

Conectar – Existem áreas de especialização que merecem atenção do futuro médico, impulsionadas por progressos tecnológicos ou fatores comportamentais da população? Quais seriam?
Dr. Dolci – Existem várias especialidades que, com certeza, já despertam o interesse do jovem médico por suas novas tecnologias e novos conhecimentos. Podemos salientar o conhecimento de biologia molecular e de genética que, sem dúvida, trarão avanços para o diagnóstico e, principalmente, novas terapêuticas. Nos avanços tecnológicos, as mudanças e os novos equipamentos chegam praticamente todos os dias. O tratamento que hoje se faz para uma doença urológica ou otorrinolaringológica é totalmente diferente do que se fazia quando me formei, há 37 anos. Com a chegada do desenvolvimento das fibras óticas, as videocirurgias são muito menos invasivas com menor morbidade para os pacientes e menor tempo de internação. É claro que toda esta tecnologia influencia a decisão dos jovens na sua escolha.

Conectar – O curso de Graduação em Medicina da FCMSCSP é um dos mais tradicionais do país e, regularmente, recebe reconhecimentos por sua qualidade. Como a Faculdade tem se preocupado em manter o curso o mais atualizado possível, facilitando, assim, a formação de excelência de seus alunos?
Dr. Dolci – O curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo é considerado um dos melhores do país, com reconhecimento dos órgãos institucionais e dos seus pares, principalmente. Por isso mesmo, temos a obrigação de manter o nosso nível de excelência – e a direção tanto do curso quanto da FCMSCSP tem se preocupado com isso. Recentemente promovemos uma reestruturação da matriz curricular com a introdução de novas disciplinas, necessárias frente aos novos conhecimentos, favorecendo uma maior integração das cadeiras básicas com a fisiologia e a fisiopatologia, ou seja, a saúde e a doença. Há, ainda, uma constante preocupação em estimular os alunos para iniciarem pesquisas por meio das ligas e de pós-graduação.

Saiba mais sobre o curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 69, em 14/7/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Faculdade Santa Casa de São Paulo recebe inscrições para especialização em Enfermagem em Centro Diagnóstico

Dra. Maria LúciaA Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas, até o dia 8 de agosto, para a pós-graduação lato sensu em Enfermagem em Centro Diagnóstico. “A demanda desta área encontra-se em constante ascensão para os enfermeiros, que estão sendo cada vez mais requisitados para atuar no segmento”, afirma a Prof.ª Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, coordenadora do curso.

A especialização é realizada em parceria com o Instituto Fleury, organização comprometida com projetos educacionais, sociais e de pesquisa. O curso é voltado a enfermeiros graduados que atuam ou tenham interesse em trabalhar em centros diagnósticos nas diversas áreas como: análises clínicas, diagnóstico por imagem, endoscopia, anátomo-patologia, e nas áreas que envolvem outros exames diagnósticos em diferentes especialidades.

Os principais objetivos do curso são:

  • Fornecer subsídios técnicos e científicos para a assistência de Enfermagem sistematizada ao cliente submetido a exames diagnósticos laboratoriais, endoscópicos, por imagem, anátomo-patológicos e outros exames especializados;
  • Discutir a assistência de Enfermagem no preparo e realização de exames diagnósticos, bem como na prevenção e detecção precoce de possíveis riscos e complicações;
  • Analisar a inserção do enfermeiro na equipe interdisciplinar e sua atuação no gerenciamento da equipe de Enfermagem;
  • Capacitar o enfermeiro para elaboração e participação em protocolos de atendimento ao cliente, família e comunidade;
  • Discutir as tendências atuais e futuras dos recursos diagnósticos; e
  • Transmitir subsídios para a produção de novos conhecimentos na área de Enfermagem em exames diagnósticos, respeitando princípios éticos e legais.

Para mais informações sobre a pós-graduação em Enfermagem em Centro Diagnóstico, acesse: www.fcmsantacasasp.edu.br.

Serviço:
Curso: Pós-graduação em Enfermagem em Centro Diagnóstico
Período de inscrição: até 8/8/2014
Processo Seletivo: prova escrita, entrevista e análise curricular
Duração do curso: 15 meses (incluindo TCC)
Início das aulas: 16 de setembro de 2014
Horário: terças e quintas-feiras, das 19h às 22h, e 10 sábados, com cinco horas de duração cada, que serão distribuídos ao longo do curso.
Vagas: 30
Investimento: 15 parcelas de R$ 620,00*
*Para ex-alunos da FCMSCSP e funcionários da ISCMSCP: 15 parcelas de R$ 434,00.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 46, em 29/7/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.