Caminhada do Silêncio: equipe de fonoaudiólogos em ação

Dra. Cilmara LevyNa manhã do próximo dia 15/9, domingo, acontecerá a 2ª Caminhada do Silêncio ao “Dia Nacional do Surdo”, no Parque Villa Lobos. A realização é do setor de Audiologia Educacional da Santa Casa de São Paulo, com a coordenação da Dra. Cilmara Levy, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Na ocasião, os participantes poderão testar o volume de seus fones de ouvido e obter informações sobre cuidados com a audição e como utilizar corretamente equipamentos de som.

De acordo com pesquisas e estudos científicos*, jovens norte-americanos, entre 12 e 19 anos, acompanhados por um período de 15 anos, tiveram um registro de aumento de 30% na perda auditiva. Aproximadamente 9,7 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência auditiva e pelo menos 28 milhões de pessoas, no país, têm algum tipo de acuidade auditiva. A partir de números como esses, aumentam as iniciativas de prevenção e orientação para todas as idades.

O evento terá o acompanhamento de uma equipe de fonoaudiólogos que distribuirão, durante a caminhada, cartões com curiosidades sobre a surdez e farão a medição em uma boneca eletrônica. Com um sistema implantado na parte interna do ouvido da boneca, será possível verificar se o volume do fone usado pelo participante do evento está acima do indicado.  A Dra. Cilmara Levy alerta ser necessário a adoção de diversos cuidados, como a escolha dos fones: “Os modelos de fones de ouvidos mais recomendados ainda são os abertos, que são aqueles maiores que cobrem toda a orelha. Eles possibilitam a exclusão dos barulhos externos e isso faz o indivíduo não aumentar tanto o volume”, explica.

Local da Caminhada do Silêncio: Parque Villa Lobos, Portão Principal, em frente ao anfiteatro.

(*) Journal of the American Medical Association, Censo IBGE 2010 e OMS 2011, respectivamente.