Aterosclerose: principal causa de mortalidade no mundo

renato-jorge-alves-fcmscsp

Dr. Renato Jorge Alves, professor da disciplina de Cardiologia da FCMSCSP

Caracterizada pela obstrução das grandes e médias artérias, a aterosclerose é uma doença silenciosa que, de repente, pode dar sinais agressivos como o infarto, o AVC ou até mesmo a morte súbita. Em comemoração ao Dia Mundial do Coração, celebrado em 29 de setembro, o Boletim Conectar conta mais sobre a patologia, que é a principal causa de mortalidade no mundo.

De acordo com o Dr. Renato Jorge Alves, professor da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e coordenador do Ambulatório de Lípides da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, entre as causas da aterosclerose estão o aumento do colesterol, hipertensão arterial, diabetes, tabagismo, idade avançada e obesidade. “O estresse, sedentarismo, consumo de alimentos industrializados que contêm sal, açúcar e gordura saturada em excesso também são fatores relacionados à aterosclerose indiretamente”, explica o professor.

Os sintomas da aterosclerose também podem se manifestar como dores no peito, falta de ar, cansaço aos esforços, dor nas pernas aos grandes e moderados esforços. “É aconselhável a realização de exames de prevenção cardiovascular, tais como eletrocardiograma e exames laboratoriais. Nesse quesito, é recomendado que o exame de colesterol total e frações seja realizado aos 10 anos de idade”, finaliza o Dr. Renato.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 97, em 20/9/2016. Assine nossa newsletter:http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Evento promove discussão sobre dislipidemia e aterosclerose

renato-jorge-alves-fcmscsp

Renato Jorge Alves, professor da disciplina de Cardiologia da FCMSCSP

Com o objetivo de promover atualização sobre o tema da dislipidemia e aterosclerose, sendo essa última a principal causa de doença cardiovascular e a doença que mais mata no mundo, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, realizará no dia 17 de junho de 2016, a 4ª Jornada de Dislipidemia e Prevenção da Aterosclerose da Santa Casa de São Paulo.

De acordo com Renato Jorge Alves, professor da disciplina de Cardiologia da FCMSCSP e coordenador do Ambulatório de Lípides da ISCMSP, serão abordados novos tratamentos, novas descobertas, fisiopatologia das diversas entidades que provocam a aterosclerose, focados na doença cardiovascular: “O público-alvo se beneficia porque os assuntos trazidos aqui serão discutidos e modernizados, principalmente para o que ainda não chegou ao Brasil”, afirma.

Dentre os temas que serão discutidos no evento, Dr. Renato destaca a hipercolesterolemia familiar, conhecida como HF, alteração que pode afetar igualmente os dois sexos e na qual os níveis de colesterol das pessoas apresentam-se elevados desde o nascimento. “Esse tema é novo e vem sendo muito discutido nos congressos internacionais. É preciso que a HF seja percebida como importante porque essa alteração também acomete os descendentes. Daí a razão de entendê-la como fundamental para a prevenção da doença”, explica.

Com o encontro, a expectativa é chamar a atenção para a aterosclerose, além de discutir o tema com os principais professores da área de cardiologia no Brasil. “Trazer os melhores profissionais da área nos permite atualizar cardiologistas, endocrinologistas, clínicos e demais médicos. Espero que o evento alcance o sucesso que propomos”, conclui Dr. Renato Alves.

Conheça a programação e inscreva-se: http://goo.gl/Hwqmsa.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 89, em 31/5/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.