FCMSCSP promove seminário sobre os Impactos da Medicina personalizada e de precisão na gestão da saúde

Dr. Rubens Harb Bollos, pesquisador da UNIFESP

Amanhã, dia 16/5, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra Impactos da medicina personalizada e de precisão na gestão da saúde: conceitos fundamentais”, ministrada pelo Dr. Rubens Harb Bollos, pesquisador da UNIFESP e presidente da Sociedade brasileira de medicina personalizada e de precisão.

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

Anúncios

FCMSCSP promove seminário sobre Avaliação do Efeito do Estrato Pentanólico de Lepidium Meyenii (MACA)

Hoje, dia 2/5, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra “Avaliação do Efeito do Estrato Pentanólico de Lepidium Meyenii (MACA) e Coenzima Q em modelo animal de AVCI Focal”, ministrada pela Mestra Larissa Rolim de Oliveira, doutoranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

FCMSCSP promove seminário sobre a Restrição de sono na Adolescência

Prof.ª Dra. Deborah Suchecki

Na próxima quarta-feira, dia 18/4, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra “Restrição de sono na adolescência aumenta comportamento ansioso e estresse e altera a atividade de neurotransmissores em ratos machos”, ministrada pela Prof.ª Dra. Deborah Suchecki, professora do departamento de psicobiologia da UNIFESP.

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

3º Workshop “Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional”

Nos dias 11, 12 e 13 de junho de 2018 será realizada a 3º Edição do Workshop Internacional “Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional” na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, coordenado pela Dra. Tatiana Rosado Rosenstock, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

O evento contará com a presença de professores representando instituições internacionais, além de renomados pesquisadores representando instituições brasileiras. Nos três dias de programação, serão abordados assuntos específicos como:

  • Modificações epigenéticas
  • Papel mitocondrial em processos fisiológicos e patológicos
  • Alterações metabólicas e/ou epigenéticas e sua relação com o desenvolvimento de doenças
  • Neurodegeneração versus neuroproteção
  • Busca de novas alternativas diagnósticas e terapêuticas e importância da pesquisa translacional

 

Serão oferecidas 80 vagas para estudantes de graduação e pós-graduação. A programação completa e inscrições, estão disponíveis na página do “3º Workshop Implicação de modificações metabólicas e epigenéticas para a neuroproteção: relevância para a pesquisa translacional”.

FCMSCSP promove seminário sobre Células Tumorais Circulantes

Dr. Ludmilla Thomé Domingos Chinen

Amanhã, dia 21/3, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra “Células Tumorais Circulantes: onde estamos?”, ministrada pela Dra. Ludmilla Thomé Domingos Chinen, pesquisadora do AC Camargo.

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

FCMSCSP promove seminário sobre baixo peso ao nascer como fator de risco

Na próxima quarta-feira, dia 21/2, das 12h às 13h30, o Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará a palestra “Baixo peso ao Nascer um Fator de Risco Adicional? Aspectos clínicos e experimentais”, ministrada pela Prof.ª Dra. Maria do Carmo Pinho Franco, professora adjunta do Departamento de Fisiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O encontro será realizado na Sala 11 da Técnica Cirúrgica e é coordenado pela Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

Aproveite seu Carnaval com Saúde

O Carnaval é um momento de festa e diversão. Porém, é sempre importante lembrar de alguns cuidados que podem ser tomados para aproveitar a folia com Saúde. A Dra. Cristiane Lopes, professora da disciplina de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, esclareceu as principais dúvidas que surgem nessa época do ano.

1) Qual a importância de manter uma boa alimentação antes de ir para os blocos de Carnaval? Quais os alimentos mais recomendados?

Participar e aproveitar os blocos de carnaval requer preparo físico e energia. É uma festa popular alegre para dançar, pular, caminhar, cantar e vibrar. Para dar conta de tudo isso, seu corpo deve estar preparado.

Alimentar-se bem antes de ir aos blocos é essencial. Sucos de frutas naturais, além de hidratarem, trazem ao corpo muitas vitaminas. Verduras e legumes proporcionam minerais e vitaminas essenciais. Carnes com pouca gordura dão elementos que repõem a massa muscular e massas (pães, macarrão, dentre outros), com moderação, dão a energia necessária para esse momento especial.

2) Como podemos manter o corpo hidratado, mesmo bebendo cerveja?

Toda bebida que contenha álcool desidrata o corpo. A cerveja, embora tenha grande quantidade de água, também desidrata o corpo. É necessário moderação no consumo e intercalar o consumo de cerveja com o consumo de água. O problema é que o consumo de cerveja aumenta a formação de urina. Intercalando o consumo de água, aumentará mais ainda a formação de urina. Mas, não há com o que se preocupar. Há banheiros químicos disponíveis em todos os locais de blocos. Use-os e mantenha-se saudável.

3) Quando o bloco sai durante o dia, como podemos manter a pele protegida do sol? De quanto em quanto tempo devemos repassar o protetor solar?

Durante o dia, mesmo que nublado, devemos passar protetores solares na pele. As roupas e as nuvens não barram os raios ultravioletas do sol. Esses raios promovem desde danos simples à pele, como envelhecimento, até cânceres de pele. Minha sugestão é: se você tem a pele mais morena, passe ao menos protetor com fator 30; se sua pele é mais clara, passe protetor com fator 50. Há diferentes formulações de protetores com diferentes durações. Veja as instruções do protetor. Na dúvida, passe o protetor solar de 2 em 2 horas e tenha certeza de estar protegido(a). O uso de bonés e chapeis também é uma boa estratégia para proteger a cabeça dos raios solares.

4) Qual o modelo mais indicado de sapato para curtir o Carnaval sem adquirir problemas nos pés? Tênis ou chinelo Havaianas?

Se você acompanha realmente os blocos, dançando, pulando e vibrando, o melhor é calçar tênis que tenha sola com amortecimento. Isto evita o efeito do impacto sobre os pés. Mas, mesmo com um ótimo tênis, não exagere, pois seus pés têm limites. O ideal é que você pare de dançar e pular antes de eles começarem a doer.

A Prof.ª Cristiane ressalta ainda que, além do consumo de álcool e da preocupação com a proteção da pele e dos pés, há o uso de drogas e o sexo. Quanto ao sexo, não há forma melhor de prevenção a doenças do que usar preservativos. “Cuidado com as drogas, principalmente aquelas que você nem sabe que pode estar consumindo, como as que são adicionadas a bebidas e que promovem perda da consciência e da memória, deixando-o vulnerável. Não beba nada que for lhe oferecido. Somente beba o que estiver lacrado e você mesmo for abrir o frasco”.

“O carnaval é uma festa que deve contagiar a alegria. Para isto, busque a moderação em tudo que fizer. Lembre-se que você tem muitos carnavais pela frente”, finaliza a professora .

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 123, em 9/2/2018. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.