Caminhada do Silêncio chega a 4ª edição

Prof.ª-Dra.-Cilmara-Levy

Prof.ª Dra. Cilmara Levy

Em comemoração ao Dia Nacional do Surdo, celebrado em 26 de setembro, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo realiza a Caminhada do Silêncio 2015, no dia 27 de setembro, domingo, no Parque Villa-Lobos. Com o apoio da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o evento destaca o estigma da incomunicabilidade, o respeito e o aumento da inserção do surdo na sociedade.  “Lutamos para que acabe o preconceito social contra o surdo, que faz com que ele não queira usar aparelho ou sinta-se constrangido de trocar a pilha do aparelho em público, ou ainda que algumas mães sintam-se despreparadas com a chegada de um filho surdo, achando que ele jamais será independente”, explica a Prof.ª Dra. Cilmara Levy, do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP e coordenadora da Caminhada do Silêncio.

Com início às 8h30, no portão principal do Parque Villa-Lobos, a caminhada de 3km terá largada às 9h00. Destinado às pessoas com deficiência auditiva, familiares, amigos, profissionais da área da saúde e todos que desejam participar, o evento contará com a  superstar Duda, boneca adaptada com “ouvido biônico”, que capta o volume dos tocadores de música e faz a medição dos decibéis. O objetivo é realizar uma campanha para alertar as pessoas sobre os prejuízos causados à audição quando se ouve música, por meio de fones de ouvidos, com o volume exageradamente elevado. “Independentemente da forma de comunicação, oral ou por língua de sinais, este evento quer ouvir os gritos, silenciosos ou não, de surdos, familiares, amigos e profissionais de saúde”, conclui a professora.

Serviço:
4ª Caminhada do Silêncio
Onde: Parque Villa-Lobos (Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2.001)
Quando: 27 de setembro de 2015, domingo, a partir das 8h30
Informações: cilmaralevy@uol.com.br
Facebook/caminhada do silencio

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 74, em 22/9/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

FCMSCSP e ISCMSP participam da 4ª edição da Caminhada do Silêncio  

Cilmara Levy

Prof.ª Dra. Cilmara Levy

Promovida e realizada pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo com o apoio da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a 4ª edição da Caminhada do Silêncio será realizada no dia 27 de setembro, domingo, no Parque Villa-Lobos.  Em comemoração ao Dia Nacional do Surdo, celebrado em 26 de setembro, o evento destaca o aumento da inserção do surdo na sociedade, o respeito e o fim do injustificado estigma da incomunicabilidade do surdo. “Nossa luta é para que acabe o preconceito social contra o surdo, que faz com que ele não queira usar aparelho ou sinta-se constrangido de trocar a pilha do aparelho em público, ou ainda que algumas mães sintam despreparadas com a chegada de um filho surdo, achando que ele jamais será independente”, explica a Prof.ª Dra. Cilmara Levy, do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP e coordenadora da Caminhada do Silêncio.

Com início às 8h30, no portão principal do Parque Villa-Lobos, a caminhada de 3km terá largada às 9h00. Destinado às pessoas com deficiência auditiva, familiares, amigos, profissionais da área da saúde e todos que desejam participar, o evento contará com a  superstar Duda, boneca adaptada com “ouvido biônico”, que capta o volume dos tocadores de música e faz a medição dos decibéis. O objetivo é realizar uma campanha que alerte as pessoas sobre os prejuízos de ouvir música, por meio de fones de ouvidos, com o volume exageradamente elevado causam à audição. “Independentemente da forma de comunicação, oral ou por língua de sinais, este evento quer ouvir os gritos, silenciosos ou não, de surdos, familiares, amigos e profissionais de saúde”, conclui a professora.

Serviço:
4ª Caminhada do Silêncio
Onde: Parque Villa-Lobos (Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001)
Quando: 27 de setembro, domingo, a partir das 8h30
Informações: cilmaralevy@uol.com.br
Facebook/caminhada do silencio

Caminhada do Silêncio tem o apoio da Faculdade Santa Casa de São Paulo

Para promover a inclusão entre surdos e ouvintes, além de orientar a população sobre os cuidados com a audição, a Fonoaudiologia da Irmandade da Santa Casa Misericórdia de São Paulo (ISCMSP) promoverá a 3ª Caminhada do Silêncio, com o apoio da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O evento será realizado no dia 28 de setembro, domingo, a partir das 8h, com saída em frente ao portão principal do Parque Villa-Lobos, em São Paulo (SP).

Dra. Cilmara da Costa Levy, professora assistente do curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade Santa Casa de São Paulo

Dra. Cilmara da Costa Levy, professora assistente do curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade Santa Casa de São Paulo

Com duração aproximada de 40 minutos, essa iniciativa também visa chamar a atenção ao Dia Nacional do Surdo, que acontece em 26 de setembro. “Na entrada do Parque, teremos dois bonecos, a Duda e o Caio, que serão responsáveis pela medição do volume dos fones de ouvidos dos participantes, verificando se está acima do recomendado”, afirma a Dra. Cilmara da Costa Levy, professora assistente do curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade Santa Casa de São Paulo, fonoaudióloga da ISCMSP e uma das coordenadoras do encontro.

Após a caminhada, haverá uma apresentação de teatro para surdos, coordenado pela professora Sylvia Lia Neves, da FCMSCSP, e encenado em conjunto com os alunos dos cursos de Graduação em Fonoaudiologia e Medicina da Faculdade, além da equipe de fonoaudiólogas da ISCMSP.

Outra iniciativa programada será a distribuição de dois fôlderes: um voltado para orientar sobre os malefícios do excesso de ruído, e o outro trará um guia das leis de acessibilidade dos surdos.

O evento é gratuito para o público em geral e não será necessário se inscrever antecipadamente. Mais informações sobre a caminhada estão disponíveis na página www.facebook.com/caminhadadosilencio.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 50, em 23/9/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Caminhada do Silêncio: equipe de fonoaudiólogos em ação

Dra. Cilmara LevyNa manhã do próximo dia 15/9, domingo, acontecerá a 2ª Caminhada do Silêncio ao “Dia Nacional do Surdo”, no Parque Villa Lobos. A realização é do setor de Audiologia Educacional da Santa Casa de São Paulo, com a coordenação da Dra. Cilmara Levy, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Na ocasião, os participantes poderão testar o volume de seus fones de ouvido e obter informações sobre cuidados com a audição e como utilizar corretamente equipamentos de som.

De acordo com pesquisas e estudos científicos*, jovens norte-americanos, entre 12 e 19 anos, acompanhados por um período de 15 anos, tiveram um registro de aumento de 30% na perda auditiva. Aproximadamente 9,7 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência auditiva e pelo menos 28 milhões de pessoas, no país, têm algum tipo de acuidade auditiva. A partir de números como esses, aumentam as iniciativas de prevenção e orientação para todas as idades.

O evento terá o acompanhamento de uma equipe de fonoaudiólogos que distribuirão, durante a caminhada, cartões com curiosidades sobre a surdez e farão a medição em uma boneca eletrônica. Com um sistema implantado na parte interna do ouvido da boneca, será possível verificar se o volume do fone usado pelo participante do evento está acima do indicado.  A Dra. Cilmara Levy alerta ser necessário a adoção de diversos cuidados, como a escolha dos fones: “Os modelos de fones de ouvidos mais recomendados ainda são os abertos, que são aqueles maiores que cobrem toda a orelha. Eles possibilitam a exclusão dos barulhos externos e isso faz o indivíduo não aumentar tanto o volume”, explica.

Local da Caminhada do Silêncio: Parque Villa Lobos, Portão Principal, em frente ao anfiteatro.

(*) Journal of the American Medical Association, Censo IBGE 2010 e OMS 2011, respectivamente.