Novo manual da Anvisa sobre prevenção de Endoftalmites tem colaboração de professor da FCMSCSP

reginaldo-luz-faculdade-santa-casa

Prof. Mestre Reginaldo Adalberto de Luz, do curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP

Durante o V Seminário Internacional sobre Redução do Risco para segurança do paciente e qualidade em serviços de saúde, promovido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), realizado entre os dias 7 e 10 de agosto, em Brasília (DF), foi lançado o manual “Medidas de Prevenção de Endoftalmites e de Síndrome Tóxica do Segmento Anterior (TASS) Relacionadas a Procedimentos Oftalmológicos Invasivos”. Endoftalmite é o termo utilizado para as infecções intraoculares, que podem ocorrer após procedimentos oftalmológicos invasivos, como, por exemplo, as cirurgias de catarata.

O manual da Anvisa, que servirá como importante fonte de informações para os profissionais que prestam assistência aos pacientes na área da oftalmologia, contou com a colaboração de profissionais de diferentes formações, como enfermeiros e médicos oftalmologistas e infectologistas, e teve como um dos autores o Prof. Reginaldo Adalberto de Luz, do curso de Graduação em Enfermagem e coordenador do curso de Pós-graduação em Enfermagem em Centro Cirúrgico, RPA e CME da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O professor colaborou em todos os capítulos do manual, abordando gravidade, incidência, fatores de risco e prevenção da endoftalmite, entre outros assuntos.

“Por conta da minha experiência de mais de 10 anos com cirurgias oftalmológicas e minhas pesquisas e publicações neste campo do conhecimento, eu tive a oportunidade de dar minha colaboração em todos os capítulos deste manual. Fazer parte de um grupo de profissionais criteriosamente escolhidos pelo reconhecimento da expertise nesta área é, sem dúvida, um marco importante na minha carreira profissional e reforça o alto grau de competência dos professores da FCMSCSP quando vinculados a trabalhos tão importantes e de nível nacional. Além disso, o mais importante é poder ter prestado um serviço à comunidade, em que os maiores beneficiados serão os pacientes”, afirma o professor Reginaldo.

Para baixar o manual “Medidas de Prevenção de Endoftalmites e de Síndrome Tóxica do Segmento Anterior (TASS) Relacionadas a Procedimentos Oftalmológicos Invasivos”, clique aqui.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 117, em 22/8/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Anúncios

Seminário “Desenvolvimento de novos radiofármacos para diagnóstico por PET/CT em oncologia”

Emerson-Soares-Bernardes

Dr. Emérson Soares Bernardes

Em mais uma edição dos seminários promovidos pelo Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, na segunda-feira, dia 4/9, das 12h às 13h30, será apresentada a palestra “Desenvolvimento de novos radiofármacos para diagnóstico por PET/CT em oncologia”. 

O convidado desta edição é o Dr. Emérson Soares Bernardes, Pesquisador Colaborador no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).

O encontro será realizado na Sala 2 do Auditório Prof. Dr. Paulo Augusto Ayrosa Galvão, rua Dr. Cesário Motta Jr. 112, Vila Buarque – São Paulo (SP) e é coordenado pela Prof.ª Dra. Fabiana Henriques Machado de Melo, professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP.

Inscrições no local.

8º Seminário Prof.ª Dra. Hideko Takeuchi Forcella

VII Seminário Prof.ª Dra. Hideko Takeuchi ForcellaO curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza em 20 de setembro de 2017, quarta-feira, das 7h às 13h, no Auditório Dr. Christiano Altenfelder, o 8º Seminário Prof.ª Dra. Hideko Takeuchi Forcella com o tema “A Comunicação na Enfermagem: construção de uma sociedade democrática”. O encontro é destinado a alunos e docentes do curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP e Enfermeiros da ISCMSP.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 19/9, neste link.

Confira a programação completa do 8º Seminário Prof.ª Dra. Hideko Takeuchi Forcella.

Uma em cada dez mortes é causada pelo tabagismo no Brasil, afirma OMS

Roberto-Stirbulov-Faculdade-Santa-Casa

Prof. Dr. Roberto Stirbulov, coordenador da disciplina Sistema Respiratório da FCMSCSP

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, criado em 29 de agosto de 1986, tem como objetivo conscientizar e mobilizar a população sobre os riscos que o tabagismo pode trazer à saúde. Segundo o relatório “Epidemia Global do Tabaco”, divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2017, o tabagismo é a principal causa de morte evitável do mundo.

A organização estima que cerca de 2 bilhões de pessoas adultas no mundo sejam fumantes e cerca de 6 milhões morrem todos os anos por causa do cigarro. No Brasil, uma em cada dez mortes é causada pelo tabagismo. O fumo passivo também aumenta os riscos de doenças. De acordo com o INCA, sete não-fumantes morrem por dia em consequência do fumo passivo, que eleva para 30% a chance de se ter câncer de pulmão e 24% o risco de infarto.

Segundo o Prof. Dr. Roberto Stirbulov, coordenador da disciplina Sistema Respiratório da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, os principais males causados pelo consumo de cigarro são as doenças cardiovasculares, tais como infarto, acidente vascular cerebral e acidente vascular periférico, lesões que podem levar a amputação de membros do corpo humano, além da doença pulmonar obstrutiva crônica e o câncer de pulmão. “Existem inúmeras doenças que são relacionadas ao cigarro. As mulheres que fumam, por exemplo, são mais propensas a ter câncer de mama, doenças da pele e até problemas no sistema reprodutor”, afirma.

O especialista explica ainda que a dependência química e psicológica causada pelo tabaco é intensa e rápida, variando sempre para cada indivíduo: “Não existe uma resposta matemática. Após 6 meses fumando, algumas pessoas têm dependência química, enquanto outras, em apenas 1 mês, já estão dependentes.”

O cigarro contém mais 5 mil substâncias que podem ocasionar a diminuição na sobrevida, indivíduos que param de fumar desaceleram essa queda. Após 5 anos sem fumar, o pulmão recupera sua constituição normal. O Dr. Stirbulov destaca que o tratamento para parar de fumar é extremamente difícil e complexo, mas possível. “Existe a abordagem cognitiva comportamental, que trata as dependências psicológicas, e a terapêutica, que reduz a síndrome de abstinência. É um tratamento que dura mais de 12 semanas e sempre precisa de auxílio médico. Essa é uma das doenças mais complexas de se tratar”, conclui.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 117, em 22/8/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Pós-graduação em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem da FCMSCSP proporciona atuação em campos de estágios

homero-melo-fcmscsp

Prof. Dr. Homero José Farias e Melo, coordenador da Pós-graduação em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM

De acordo com estudo do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), a radiologia e o diagnóstico por imagem estão entre as dez primeiras especialidades na área médica no estado de São Paulo. Aos que buscam pós-graduação dentro desses campos de atuação e que tenham formação em outras áreas, além da Medicina, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas, até 31 de agosto, para o curso de Pós-graduação em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM .

Destinado aos tecnólogos em Radiologia, biomédicos, médicos veterinários e demais profissionais graduados com interesse na área, o curso, que tem duração de 15 meses, proporciona a formação do especialista em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética mediante o desenvolvimento de competências anatômicas, físicas, operacionais, patológicas e tecnológicas específicas.

Além disso, os profissionais que optarem por cursar a especialização da FCMSCSP têm a oportunidade de atuar em diversos campos de estágio, dentre eles: Cura – Imagem e Diagnóstico, Centro de Diagnósticos Brasil (CDB), Femme – Laboratório da Mulher, Hospital Presidente, Instituto do Câncer de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP), Nasa Lab – Diagnóstico e Saúde, Hospital e Maternidade Sepaco e na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

“O aluno pode fazer esta carga horária em nossos campos de estágio conveniados ou ainda usar o vínculo conosco para conseguir um estágio curricular da Pós-graduação em sua cidade e realizar uma carga horária ainda maior”, conta Prof. Dr. Homero José Farias e Melo, diretor dos cursos de Tecnologia da FCMSCSP e coordenador do programa de Pós-graduação.

Serviço
Inscreva-se aqui: Pós-graduação em Tecnologia em Diagnóstico por Imagem: TC e RM
Coordenação: Prof. Dr. Homero José de Farias e Melo
Vagas: 40
Prazo para inscrições: até 31 de agosto de 2017
Carga horária total: 560 horas

  • Aulas Teórico-Práticas: 360 horas
  • Estágio Prático Supervisionado: 100 horas
  • Monografia: 100 horas

Duração: 15 meses
Horário: Terça e quinta-feira, das 19h às 23h00

  • O Estágio Prático Supervisionado (100h) e a Monografia (100h) deverão acontecer fora do ambiente de sala de aula

Investimento total: 15 parcelas mensais de R$ 702,00.
Para Ex-alunos da FCMSCSP e Funcionários da ISCMSP: 15 parcelas mensais de R$ 562,00.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 117, em 22/8/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

FCMSCSP promove a 15ª Jornada de Fonoaudiologia

cristiane-messas-fonoaudiologia-faculdade-santa-casa

Prof.ª Dra. Cristiane Messas, do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP

O curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza entre os dias 4 e 6 de setembro, a 15ª Jornada Acadêmica de Fonoaudiologia e o 4º Encontro do Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana. O evento envolverá estudantes e profissionais da área da saúde, como fonoaudiologia, psicologia, pedagogia, medicina, entre outros, em um processo de reflexão sobre o atual momento da fonoaudiologia, tendo em vista a experiência dos 15 anos de criação do curso de graduação da FCMSCSP.

Nesta 15ª edição, o tema central será a fonoaudiologia humanizada, com atuações em espaços e mentalidades diferentes. Dentre os assuntos que serão abordados, estão a audiologia, a fonoaudiologia educacional, a saúde coletiva, escolar e infantil, além do uso da voz.

“O que chama a atenção da Jornada de Fonoaudiologia promovida pela FCMSCSP é que nela são abordadas todas as áreas da fonoaudiologia, colocando-a na perspectiva de humanização e incluindo a prática e a pesquisa por meio de palestras e estudos apresentados, tanto nacionais quanto internacionais”, conta a Dra. Cristiane Messas, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP e coordenadora do evento.

As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de setembro e a taxa de inscrição varia entre R$ 35 e R$ 120.

SERVIÇO
Evento: 15ª Jornada Acadêmica do curso de Fonoaudiologia
Realização: Curso de Graduação em Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Data: 4 e 5 de setembro de 2017, das 8h às 16h e 6 de setembro de 2017, das 9h às 13h00
Local: Auditório Dr. Cristiano Altenfelder – Novo Prédio da FCMSCSP
Endereço: Rua Dr. Cesário Motta Júnior, 112 – Vila Buarque – São Paulo (SP)
Inscrições: Jornada de Fonoaudiologia

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 117, em 22/8/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.  

Princípios Metodológicos e Aplicabilidade Clínica do NGS

flavia-piazzonNo dia 1º de setembro, sexta-feira, das 9h às 10h30, será realizada a aula de encerramento da disciplina de Medicina Molecular, coordenada pelo Prof. Dr. Carlos Longui, do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP. A aula que tem como tema “Princípios Metodológicos e Aplicabilidade Clínica do NGS”, contará com a presença da Dra. Flavia Piazzon, doutora pela Universidade de São Paulo (USP) e Geneticista da Mendelics Análise Genômica.

O encontro acontece nos auditórios Prof. Dr. Paulo Ayrosa e Prof. Dr. Emilio Athié, rua Dr. Cesário Motta Jr., 112, Vila Buarque, São Paulo (SP) e é destinado aos alunos e professores do curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.