4ª edição da Jornada de Emergências Psiquiátricas acontece em julho

quirino-cordeiro-fcmscsp

Dr. Quirino Cordeiro, professor do Departamento de Psiquiatria da FCMSCSP

Será realizada nos dia 21 e 22 de julho, sexta-feira e sábado, a 4ª Jornada de Emergências Psiquiátricas. O evento que tem a coordenação do Dr. Quirino Cordeiro, professor do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, discutirá importantes temas relacionados à Saúde Mental, como comportamentos suicidas, abuso de drogas e transtornos de personalidades.

Cuidados contra o mosquito Aedes aegypti ao viajar no verão

ione-aquemi-guibu-faculdade-santa-casa

Prof.ª Ione Aquemi Guibu, professora do Departamento de Saúde Coletiva da FCMSCSP

Durante a temporada de calor e chuvas, o aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya, exige atenção e cuidados redobrados. Isso porque dois fatores são propícios à proliferação do mosquito: a temperatura média de 30°C durante o verão e o acúmulo de água parada por conta das chuvas. E para quem estiver na praia ou no campo durante as férias, os cuidados com a prevenção devem permanecer.

Segundo dados do Ministério da Saúde, divulgados em dezembro do último ano, os casos de zika e dengue devem se manter estáveis este ano enquanto deve haver um crescimento significativo de casos de infecção pelo vírus chikungunya. Os casos confirmados da doença aumentaram quase 16 vezes de 2015 para 2016 (de 8.528 para 134.910) e os de suspeitas, quase dez vezes (de 26.763 para 251.051).

A Dra. Ione Aquemi Guibu, professora do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo recomenda algumas medidas para quem for viajar para o campo ou para praia – ambientes em que o calor pode ser muito intenso nessa época do ano: “Podem ser usados repelentes aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e mosquiteiros. É interessante também verificar se há criadouros próximos ao local onde ficará hospedado para a eliminação desses focos”, afirma.

Com as crianças, idosos e gestantes, o cuidado precisa ser ainda mais intenso: “Nessas populações, o vírus pode evoluir para formas mais graves, principalmente para gestantes, que devem usar roupas que diminuam a exposição da pele, com mangas mais longas e calças”, complementa a professora.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 104, em 14/2/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Mão de obra qualificada é cada vez mais exigida na área de Ressonância Magnética

homero-melo-fcmscsp

Prof. Dr. Homero Melo, diretor dos cursos de Tecnologia e coordenador do programa de pós-graduação em Ressonância Magnética da FCMSCSP

Para você que está fora de São Paulo e busca uma especialização na área de Ressonância Magnética, até o dia 24 de fevereiro estão abertas as inscrições para a turma mensal do curso de Pós-graduação em Ressonância Magnética da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Com taxa de inscrição no valor de 75 reais, o programa da FCMSCSP é destinado a tecnólogos em Radiologia, biomédicos, físicos médicos, médicos veterinários, engenheiros e demais profissionais graduados com interesse na área e tem como principal objetivo proporcionar a formação do especialista em Ressonância Magnética com as habilidades necessárias para a realização e desenvolvimento de protocolos de exames.

“A área de Ressonância Magnética aplicada para a imagem é uma área que está em franco desenvolvimento e expansão. Em meio a esse crescimento, os hospitais querem otimizar processos, produtividade e diminuir prejuízos. Nessa balança entre aumentar produtividade e melhorar a qualidade dos exames, um profissional qualificado se encaixa como uma luva. Para fazer essa associação entre aumento de produtividade e melhoria da qualidade do exame, a especialização é muito importante”, afirma o Prof. Dr. Homero José Farias e Melo, diretor dos cursos de Tecnologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e coordenador do programa de pós-graduação lato sensu, sobre a importância da qualificação nesta área de atuação.

O principal diferencial do curso, segundo o Dr. Homero, está no corpo docente extremamente preparado: “Nós contamos com professores que são formadores de opinião e que trabalham em grandes instituições nessa área de atuação”. Além disso, complementa o coordenador, o estágio curricular de 100 horas é outro atrativo do programa. “O aluno pode fazer esta carga horária em nossos campos de estágio conveniados ou ainda usar o vínculo conosco para conseguir um estágio curricular da Pós-graduação em sua cidade e realizar uma carga horária ainda maior”, conta.

Serviço
Inscreva-se aqui: Pós-graduação em Ressonância Magnética
Coordenação: Prof. Dr. Homero José de Farias e Melo
Vagas: 40
Prazo para inscrições: até 24 de fevereiro de 2017
Carga horária total: 360 horas
Duração: 15 meses
Horário (duas opções):
– Turma mensal: sábado e domingo, das 8h às 18h00
– Turma semanal: sábados, das 8h às 17h00
Investimento total: 15 parcelas mensais de R$ 630,00.
Para ex-alunos da FCMSCSP e funcionários da ISCMSP: 15 parcelas mensais de R$ 504,00

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 104, em 14/2/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Verão exige atenção redobrada com a pele

dr-marcus-maia-faculdade-santa-casa-dermatologista

Dr. Marcus Maia, professor da disciplina de Dermatologia da FCMSCSP

Durante o verão, aumentam as atividades ao ar livre, as idas à praia e à piscina. Por isso, os cuidados com a pele devem ser redobrados e intensificados. A exposição solar intensa e descuidada pode acarretar em diversos problemas como queimaduras, envelhecimento precoce da pele e até mesmo o câncer de pele, o mais comum entre os brasileiros. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são registrados cerca de 135 mil novos casos de câncer de pele por ano no país.

Para o Dr. Marcus Maia, professor da disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a principal forma de proteção é o uso do protetor solar e a reaplicação diversas vezes ao dia, principalmente após entrar e sair da água. “O simples fato de entrar na água já faz com que você perca cerca de 50% da proteção do filtro solar. Então, o ponto principal é reaplicar corretamente a cada uma hora e sempre que sair da água”, afirma.

O dermatologista destaca que pessoas do grupo de risco precisam investir ainda mais em proteção. Além das crianças, compõe o quadro pessoas com pele clara, cabelos e olhos claros, com muitas pintas e sardas e pessoas com histórico de câncer de pele na família. Por conta da pigmentação da pele, essas pessoas estão mais propensas a desenvolver problemas de pele e câncer do que pessoas de pele negra. Por isso, adicionalmente ao filtro solar, Dr. Maia recomenda a utilização de roupas especiais com proteção contra os raios UVA e UVB e chapéus – principalmente nas crianças.

Mesmo ficando embaixo do guarda-sol e em dias em que o sol não está tão forte, o conhecido mormaço já é suficiente para queimar a pele e pode causar os efeitos do sol forte. “O mormaço queima quase a mesma coisa que o sol, pois as nuvens claras não têm força suficiente para proteger dos raios ultravioleta. Por isso, não basta ficar embaixo de guarda-sol. É importante lembrar que a luz é refletida na areia e queima praticamente da mesma forma. As pessoas não devem abrir mão da utilização do filtro solar”, enfatiza o Dr. Maia.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 104, em 14/2/2017. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br. 

Pós-graduação em Audiologia Educacional: inscrições abertas

asia girl listenAté o dia 21 de fevereiro de 2017, estão abertas as inscrições para o novo curso de Pós-graduação em Audiologia Educacional da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Com taxa de inscrição no valor de 75 reais, o programa da FCMSCSP é destinado a fonoaudiólogos O curso de Pós-graduação em Audiologia Educacional tem por objetivo fornecer instrumentação teórico-prática a fonoaudiólogos, com o intuito de torná-los qualificados em procedimentos de maior complexidade e especificidade na área de audição.

Serviço
Inscreva-se aqui: Audiologia Educacional
Coordenação
: Prof.ª Dra. Cilmara Cristina Alves da Costa Levy
Vagas: 4
Prazo para inscrições: até 21 de fevereiro de 2017
Carga horária total: 668 horas
Duração do curso: 13 meses
Horário do Curso:

  • Às quintas-feiras, das 8h às 12h00
  • 12 horas semanais distribuídas de segunda a sexta-feira entre 8h e 17h00

Investimento total: 13 parcelas mensais de R$ 400,00

Dr. Paulo Carrara assume a Diretoria da FCMSCSP

paulo-carrara-e-valdir-golin-faculdade-santa-casa

Prof. Dr. Paulo Carrara e Prof. Dr. Valdir Golin

Na quarta-feira, 8/2, a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, promoveu a solenidade de transmissão do cargo de diretor da FCMSCSP. O Prof. Dr. Paulo Carrara de Castro assumiu a direção da Instituição, no lugar do Prof. Dr. Valdir Golin.

Graduado em Medicina pela Universidade Mogi das Cruzes (UMC), o Dr. Carrara é mestre e doutor em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP), especialista em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela Fundação Getulio Vargas (FGV), Medicina Social e Medicina do Trabalho pela FCMSCSP.

Durante o evento, o novo diretor agradeceu aos membros da Diretoria que agora deixam seus cargos: “Dr. Valdir, que continuemos amigos e trabalhando juntos: o senhor é muito importante para a Faculdade. E uma das coisas que aprendi com o senhor, por tudo o que realizou, é amar a FCMSCSP. Ao Dr. Osmar Monte, agradeço demais o aprendizado e o convívio que tivemos. Dr. Osmar Camargo, sempre que quiser, estaremos juntos no PECA”. Os agradecimentos também foram estendidos aos colegas de Saúde Coletiva, onde o Dr. Carrara era chefe do Departamento, aos profissionais de outros setores da Faculdade e da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, às autoridades, membros da mesa e presentes à solenidade.

Na equipe anunciada pelo Dr. Paulo Carrara, o Dr. José Eduardo Lutaif Dolci, que até então ocupava o cargo de diretor do curso de Graduação em Medicina, foi nomeado como vice-diretor da Faculdade. O Dr. Carlos Alberto Malheiros assumiu a diretoria de Graduação em Medicina, tendo como vice-diretor o Prof. Dr. Adriano Namo Cury. Além do Dr. Luiz Henrique Amaral como diretor-secretário, os professores que seguem à frente dos demais cursos de graduação na posição de diretores são: Dra. Maria do Carmo Querido Avelar (Graduação em Enfermagem), Dra. Ana Luiza Navas (Graduação em Fonoaudiologia) e Dr. Homero José Farias e Melo (Cursos Tecnológicos em Radiologia e Sistemas Biomédicos).

O Dr. José Luiz Egydio Setubal, provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, agradeceu aos diretores que deixaram seus cargos e desejou sucesso a todos os que assumiram suas novas posições: “Apesar de muito já ter sido feito, há ainda muito a fazer”, disse. O Dr. Airton Grazzioli, promotor público e curador de fundações, reiterou as palavras do provedor da ISCMSP, acrescentou a necessidade de se ter duas instituições relevantes, cada qual com uma área de atuação específica, e ressaltou que “ganham as instituições conjuntamente, e individualmente, à medida que tomarem a consciência pura de que são entidades irmãs”.

O Engº José Cândido de Freitas Júnior, presidente da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, homenageou os diretores em nome do Conselho Curador, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva da FAVC. Ao Dr. Valdir Golin, destacou seu compromisso, dedicação e profissionalismo como diretor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo nos últimos seis anos.

Agradecimento e votos de sucesso à nova gestão

mesa-diretora-solenidade-faculdade-santa-casa

Dr. Valdir Golin, diretor da FCMSCSP desde 2011, destacou em seu pronunciamento as realizações e a presença da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo em honrosos rankings nacionais e internacionais e no elevado padrão de ensino da FCMSCSP na área de saúde:

“Levo a certeza do cumprimento do dever e do trabalho dedicado em todos os momentos destes anos que me levou a conquistar amigos e respeito, assim como em outros locais onde passei”. Tudo foi possível, acrescenta o Dr. Valdir, porque houve a colaboração de todos: “Não levo nenhum sentimento de frustração. Entrego também a Faculdade saneada financeiramente graças ao trabalho desenvolvido que propiciou, inclusive, o aumento do número de vagas do curso de Medicina e à enorme evolução da pós-graduação lato sensu e também pela confiança, compreensão, colaboração e apoio de nosso presidente, Engº José Cândido de Freitas Junior, e do assessor da Presidência da FAVC, Antonio Augusto Brant de Carvalho”.

Na solenidade, representando o Dr. Moacyr Expedito Marret Vaz Guimarães, presidente do Conselho Curador da FAVC, o Dr. José Manssur, vice-presidente do Conselho, lembrou ao Dr. Valdir que lhe confiaram uma missão: “O senhor lutou num combate sem jamais ter perdido a fé e hoje agradecemos pelos serviços prestados a uma nobríssima causa que é a Faculdade. Seja feliz e tenha a certeza de que nesta transição teremos a linha de continuidade do que é sério, do que é digno, do que é honrado”, afirmou.

Desejando êxito e sucesso aos professores doutores Paulo Carrara de Castro, José Eduardo Lutaif Dolci, Carlos Alberto Malheiros e Adriano Namo Cury e aos demais diretores, o Dr. Valdir Golin finaliza com o que considera ser o maior objetivo de seu pronunciamento: “Muito obrigado à Santa Casa de São Paulo, Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, Diretoria Executiva, Conselho Curador, Provedor da Irmandade, diretores dos cursos de graduação, corporativos e dos Departamentos, Superintendência, Mordomias e, em especial, aos professores da Faculdade vinculados à Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho ou ao hospital de ensino, alunos de todos os cursos, associações acadêmicas e colaboradores. Retornarei sendo aquilo que sempre fui: médico.”

Reportagem com informações do boletim interno Entre a Gente da FCMSCSP. A solenidade de transmissão de cargo contou com a especial colaboração do Dr. Decio Cassiani Altimari, coordenador de Extensão e Cultura, professor e ouvidor geral da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Fotos de Anderson Timóteo.

Conquista para a saúde pública brasileira

quirino-cordeiro-fcmscsp
O Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, foi nomeado na segunda-feira, 13/2, para o cargo de coordenador-geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, da Secretaria de Atenção à Saúde. A nomeação foi feita por Ricardo Barros, atual ministro de Estado da Saúde. A FCMSCSP parabeniza o Prof. Dr. Quirino Cordeiro e deseja sucesso em mais este desafio profissional.