Transtornos psicóticos têm maior incidência em jovens

quirino-cordeiro-fcmscsp

Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto e chefe do Departamento de Psiquiatria da FCMSCSP

Os transtornos psicóticos caminham com um distanciamento patológico da realidade. O indivíduo apresenta quadros de delírio e alucinações, sendo que esses são episódios potencialmente graves. De acordo com Dr. Quirino Cordeiro, professor adjunto e chefe do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, delírios são crenças patológicas sobre a realidade. Já as alucinações são alterações das percepções, quando o paciente ouve vozes, vê coisas sem que haja um estímulo para isso. Na esquizofrenia, o indivíduo passa a ficar mais introvertido, começa a ter uma percepção equivocada do meio em que está e pode, por exemplo, entender que as pessoas estão querendo fazer algum mal a ele. No transtorno afetivo bipolar, por sua vez, os sintomas psicóticos podem aparecer quando o paciente apresenta alteração do humor (depressão ou euforia).

“Os transtornos psicóticos são manifestações decorrentes de diferentes distúrbios mentais, tais como transtorno bipolar e esquizofrenia. Alguns sintomas iniciais são importantes para se detectar o quadro psicótico e a doença a que estão relacionados. A identificação precoce é extremamente importante, pois uma grande parte dos pacientes, se não avaliada e tratada precocemente, logo no início da doença, pode apresentar uma série de problemas como, por exemplo, comprometimentos cognitivos”, afirma o psiquiatra

“É extremamente importante se estar atento aos primeiros sinais desses transtornos porque algumas vezes são confundidos como manifestações normais das fases da vida, como a adolescência. A esquizofrenia e o transtorno bipolar, em geral, começam nesta faixa etária, ou seja, no final da adolescência e início da vida adulta jovem, entre 17 e 25 anos. Portanto, é importante que se observe quando o adolescente ou o jovem passa a ficar muito recluso, introvertido, deixando de socializar para ficar isolado em um mundo próprio”, ressalta o professor.

De acordo com o psiquiatra, um fator de risco importante associado aos transtornospsicóticos é o uso de maconha. Estudos comprovam a relação do uso da droga com o desenvolvimento dessas manifestações clínicas. “Os estudos mostram que usuários regulares da cannabis apresentam três vezes mais chance de desenvolverem transtornos psicóticos. Além disso, essas pesquisas comprovam que a quantidade de uso da maconha afeta diretamente a chance de o indivíduo apresentar a psicose. Ou seja, quanto mais maconha a pessoa usa e quanto mais cedo isso começar, muito maior a chance de desenvolver transtornos psicóticos”, comenta o Dr. Quirino.

O especialista alerta que é fundamental que o diagnóstico dos transtornos psicóticos seja feito precocemente. Isso porque quanto mais cedo o acompanhamento e o tratamento forem iniciados, maiores as chances de que estes indivíduos tenham prognósticos mais favoráveis.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 90, em 14/6/2016. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: