FCMSCSP: tradição, corpo docente e qualidade que fazem a diferença

Érica-de-Cássia-Ferraz

Érica de Cássia Ferraz

Graduada, no ano de 2005, em Fonoaudiologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Érica de Cássia Ferraz, especializada em Linguagem e Mestra em Saúde da Comunicação Humana, ambas pela FCMSCSP, a egressa é responsável pela revista Audiology – Communication Research (ACR), da Academia Brasileira de Audiologia (ABA) e acaba de ser agraciada com o 2º lugar no prêmio da Associação Brasileira de Editores Científicos. Em entrevista ao Conectar, a fonoaudióloga fala sobre a conquista e sobre os tempos como aluna da FCMSCSP.

Conectar: Pode nos contar um pouco da sua experiência como aluna da FCMSCSP?
Érica: Tínhamos aulas de manhã e, a partir do 3º ano, alguns estágios à tarde. Fomos as primeiras a utilizar a clínica de Fonoaudiologia. A Faculdade me proporcionou não só aprendizado técnico, mas me ensinou a lidar com pessoas, expectativas e incertezas. Mais do que isso, me ensinou a valorizar aquilo que tenho. Tive o privilégio de ser aluna da primeira turma, de ter aulas com ótimos professores e de conhecer pessoas incríveis. Fiz grandes amizades, que espero conservar para sempre. A Santa Casa sempre fez eu me sentir “em casa”.

Conectar: Por que optou por Fonoaudiologia?
Érica: Nunca tive dúvidas sobre que profissão eu gostaria de seguir. Pesquisei bastante sobre a prática profissional antes do vestibular. A Fonoaudiologia sempre me encantou por ser uma profissão da área da saúde que possibilita atuar em diversas áreas (linguagem, voz, audiologia…), desde a prevenção, passando pelo aperfeiçoamento da comunicação e pela melhoria da qualidade de vida das pessoas, até a reabilitação de alguns distúrbios. Desde o início, sempre tive uma tendência muito forte a trabalhar com leitura e escrita.

Conectar: Quando, como e por que decidiu que faria na FCMSCSP?
Érica: Na época, o curso estava começando e ainda não tinha o reconhecimento e respeito que tem hoje. Entretanto, a instituição já tinha enorme tradição. O fato de ter um corpo docente experiente e conceituado e a possibilidade de aprender em um hospital de referência foram aspectos decisivos para a minha escolha. Tive certeza de que eu teria uma formação de qualidade.

Conectar: De que maneira o curso contribuiu para o seu crescimento profissional?
Érica: Tive aulas com professores experientes, qualificados e muito bem sucedidos na profissão. A maioria deles, além da atividade acadêmica, também exerce atividade clínica. Isso sempre trouxe muita riqueza para as discussões. Tivemos acesso a conteúdos atualizados e fomos incentivadas a participar de atividades sociais, assistenciais, culturais e acadêmicas. Esse conjunto todo contribuiu para o meu amadurecimento profissional.

Conectar: Hoje em dia qual a sua relação com a FCMSCSP?
Érica: A Faculdade é um porto seguro. Um local em que me sinto acolhida e sei que posso contar sempre. Quando posso faço uma visita para rever as pessoas. Gosto de ver o entusiasmo dos alunos e as melhorias das instalações e da infraestrutura. Estou sempre atenta aos cursos e eventos que acontecem para poder voltar e participar. Sinto como se eu nunca fosse me desligar totalmente da Faculdade, mesmo se passar algum tempo afastada.
 
Conectar: Quais dicas você daria para quem deseja cursar Fonoaudiologia?
Érica: Ter uma boa formação é essencial em qualquer profissão. Investir em um curso reconhecido e de qualidade é o primeiro passo. Para ser Fonoaudiólogo não basta gostar de lidar com pessoas, de diversas idades e com diferentes queixas de comunicação. É importante lembrar que, muitas vezes, atuamos de forma interdisciplinar, em parceria com outras áreas. As dificuldades e desafios existem em todas as profissões, mas trabalhar com aquilo que nos identificamos faz a diferença para buscar soluções para os problemas e seguir em frente.

Conectar: Você acabou de receber o 2º lugar no Prêmio da Associação Brasileira de Editores Científicos. Como foi a sua participação e como foi receber o prêmio?
Érica: A Associação Brasileira de Editores Científicos é a instituição de referência em relação à editoração científica no Brasil. Fornece informações atualizadas e tendências internacionais na área de publicação científica. Promove anualmente um prêmio para incentivar aqueles que se dedicam à área editorial. Os candidatos precisam apresentar suas ações de destaque que contribuíram para a melhoria de seus periódicos. Foi muito gratificante esse segundo lugar, pois é uma forma de reconhecimento de muito trabalho e dedicação. Fiquei extremamente feliz por essa conquista e agradecida a todos que colaboraram para que eu pudesse alcançá-la.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 78, em 24/11/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: