12ª Edição do Programa Expedições Científicas e Assistenciais da FCMSCSP (PECA) acontece em Palmital

Dr.-Paulo-Carrara-de-Castro

Dr. Paulo Carrara de Castro

Em 20 de janeiro de 2016, alunos e professores da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo embarcarão para o Programa Expedições Científicas e Assistenciais da FCMSCSP. O PECA é um programa de extensão universitária, criado em 2004, no qual, durante uma semana, a população de uma cidade do estado de São Paulo recebe atendimentos na área da saúde.  “O PECA 2016 acontecerá em Palmital, entre os dias 20 e 27 de janeiro, já estivemos lá, no início de 2015. Iremos à cidade novamente porque é importante realizar uma análise do ano anterior, se o que fizemos lá foi positivo, se repercutiu na vida das pessoas, se houve mudança no quadro ou situação em que viviam”, explica o Dr. Paulo Carrara de Castro, coordenador do programa e chefe do Departamento de Saúde Coletiva da FCMSCSP.

As populações de Santo Anastácio, Narandiba, Ituverava, Itapeva, Votuporanga e São Sebastião são algumas das comunidades que já receberam o PECA. “Alguns dos critérios para a escolha da cidade são: comportar o número de pessoas participantes, em geral 250, sendo 150 alunos e o restante composto por professores, residentes e médicos. Também buscamos contemplar várias regiões do estado de São Paulo, costumávamos estudar quais precisam mais, mas todas precisam”, esclarece o Dr. Paulo Carrara.

Mantido por meio de patrocínios de hospitais, laboratórios, associações, com o apoio da FCMSCSP e de sua mantenedora, a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, o Programa tem como objetivo, de acordo com o Dr. Carrara, auxiliar as prefeituras e a população, no que for possível, do ponto de vista da saúde.  “Há duas frentes no programa: o atendimento clínico, realizado em uma escola da cidade escolhida, na qual montamos uma estrutura de atendimento; e mutirões de cirurgias no hospital local, que, em geral, é uma Santa Casa. Fazemos cirurgias de hérnia, vesícula, ginecológica, oftalmológica e otorrinolaringológica. Há casos mais complexos em que não realizamos e há outros que transferimos para a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo”, detalha o Dr. Carrara.

Ainda, de acordo com o coordenador do PECA, alunos, médicos e profissionais de outras instituições costumam participar da iniciativa. “Isso é combinado entre os alunos da FCMSCSP, pois eles organizam tudo. Nós, professores, apoiamos, intermediamos com as prefeituras, mas eles que fazem tudo. Acredito que isso faz com que o programa tenha o pique e motivação que ele tem. Os alunos dão valor, é um Programa reconhecido pela Faculdade e conta pontos para o desenvolvimento acadêmico.”

Para a fila de atendimento, os participantes do PECA utilizam como base a estrutura local do Sistema Único de Saúde da cidade. No início de 2015, logo no primeiro dia de atendimento, houve uma demanda de atendimento muito maior do que a esperada, sendo necessário realizar o agendamento para os outros dias. Na edição 2016, está previsto um agendamento prévio, pois o PECA busca somar o atendimento com o aprendizado aos alunos e precisa ser medido e organizado.  “O sentido fundamental do PECA é que, por meio de um programa de extensão, os alunos tenham contato com realidades diferentes daquela que eles vivenciam na FCMSCSP, localizada no centro de São Paulo. Essa é uma iniciativa oposta do que os alunos costumam vivenciar, pois deixam a realidade do centro para vivenciar o interior, aprender a se comunicar e a se relacionar com outras culturas. Isso é muito importante na área da saúde, precisa haver esse tipo de abertura de horizonte da vida, para não ficar limitado”, finaliza o Dr. Paulo Carrara.

 

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 78, em 24/11/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: