Professores e ex-alunos da FCMSCSP lançam a 2ª edição do livro “Propedêutica Médica – da Criança ao Idoso”

Propedeutica-Medica-da Criança-ao-Idoso-2a-edicaoNo dia 1º de outubro, quinta-feira, às 11h, acontece, no Salão Nobre da Provedoria da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o  lançamento do livro “Propedêutica Médica – da Criança ao Idoso” (2ª edição).

Destinado a profissionais da área da saúde e estudantes, a obra de 456 páginas tem sua origem no curso de Graduação de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.  Com duas seções e 18 capítulos, o título com selo da editora Atheneu é assinado por professores e ex-alunos da Faculdade: Aleksandro Belo Ferreira, Camila Bianca Lecciolle Paganini, Carlos André Minanni, Irineu Francisco Delfino Silva Massaia, José Carlos Aguiar Bonadia, Karina Moraes Kiso, Marcos Daniel Saraiva e Thiago Souza La Falce.

Local: Salão Nobre da Provedoria da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – Rua Dr. Cesário Motta Jr., 112 – Vila Buarque, São Paulo (SP).

 

Últimos dias para se inscrever no bate-papo “Um dedo de prosa”

um-dedo-de-prosa-virada-da-maturidadeInscreva-se até o dia 30 de setembro para o bate-papo  “Um dedo de prosa” com o maestro Samuel Moraes Kerr. O evento será realizado, das 17h às 19h,  no dia 1º de outubro, quinta-feira, data em que é celebrado o Dia Internacional do Idoso, no Auditório Prof. Dr. Emilio Athié, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Sob a coordenação dos professores da FCMSCSP – Mestra Juliana Carvalho Araujo Leite, do curso de Graduação em Enfermagem; Dra. Adriana Limongeli Gurgueira e Dra Cristiane Stravino Messas, ambas do curso de Graduação em Fonoaudiologia; e Dr. Décio Cassiani Altimari, coordenador de Extensão e Cultura, professor e ouvidor geral da Instituição –, a ação faz parte da 1ª Virada da Maturidade de São Paulo.

Inscreva-se agora no bate-papo “Um dedo de prosa”

Pesquisadores do futuro: oportunidade singular para o desenvolvimento acadêmico

Livia-Maria-Gruber-Holland

Livia Maria Gruber Holland

Motivada pelo crescimento pessoal e científico que um programa de intercâmbio poderia lhe render, Livia Maria Gruber Holland, aluna do 4º ano de Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, se candidatou a uma bolsa pelo Programa Pesquisadores do Futuro, edição 2014/2015. Acompanhe a seguir a experiência de 60 dias da futura médica no Dana-Farber Cancer Institute – Harvard Medical School.

Conectar – Como foi essa experiência e o que lhe acrescentou?
Lívia – Brevemente, posso contar que foi uma experiência fantástica em que aprendi o quanto a tecnologia e a infraestrutura adequadas podem facilitar o exercício da pesquisa científica e da Medicina, sem substituir a dedicação para aprender e ensinar, para trabalhar em grupo, e sem substituir o contato humanizado com o paciente em que impere a comunicação e o respeito. Também aprendi muito sobre o peso da ética em um ambiente de pesquisa e hospitalar.

Conectar – Durante os meses em que participou do programa, qual foi o maior desafio que enfrentou? Como você lidou com ele?
Lívia – O maior desafio foi tentar viver à altura da oportunidade que me foi confiada. Tal responsabilidade implicava uma dedicação intensa a minha pesquisa e constante manutenção de uma imagem acadêmica a fim de assegurar uma oportunidade semelhante para os alunos dos anos seguintes. A cobrança pessoal pode preocupar até o momento em que você percebe que basta acreditar no seu potencial e usá-lo com dedicação, pois os frutos serão positivos.

Conectar – Como você definiria o Programa Pesquisadores do Futuro?
Lívia – Trata-se de um programa que promove o intercâmbio acadêmico com instituições estrangeiras consagradas pela produção de conhecimento. Em um período de dois meses, o aluno participante tem a oportunidade de diversificar a sua formação acadêmica, edificando o profissional que ele será no futuro.

Conectar – Para os colegas que venham a passar por essa experiência, o que você recomendaria?
Lívia – Recomendo que tenham a curiosidade e a coragem para usufruir todas as vantagens que o intercâmbio tem a oferecer. Não só academicamente, mas também no sentido de conhecer pessoas, formar laços, provar comidas diferentes, praticar a língua nativa, explorar os costumes e aprender muito sobre como, sim, você é capaz de sobreviver morando fora do Brasil.

Conectar – Há algo que não perguntamos sobre a experiência ou sobre a iniciativa que acha interessante descrever?
Lívia – Acho interessante comentar que o “Pesquisadores do Futuro” depende de um esforço mútuo, tanto do estudante quanto da instituição que o recebe, ou seja, o profissional envolvido também escolheu participar do programa: ele tem interesse em ensinar, em enriquecer a experiência do aluno visitante. Assim, embora o aluno pense que embarcou em uma viagem sozinho, ele contará com pessoas dispostas a ajudá-lo e a orientá-lo o tempo todo.

No próximo boletim

Rodrigo Salmeron de Toledo Aguiar, aluno do 4º ano de Graduação em Medicina, conta como foi sua experiência de pesquisa e ensino no St. Michael´s Hospital, University of Toronto, a maior universidade do Canadá. Confira!

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 74, em 22/9/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Evento organizado pelo curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP integra professores e alunos

jornada-de-fono

Professoras do curso de Graduação em Fonoaudiologia

Entre os dias 9 e 11 de setembro de 2015, foi realizada a 13ª Jornada Acadêmica do Curso de Fonoaudiologia e o 2º Encontro do Mestrado Profissional de Saúde da Comunicação Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O evento, organizado em torno de palestras, oficinas e mesas-redondas, tratou de temas relacionados à linguagem e envelhecimento; o uso da voz na dramaturgia; a atuação fonoaudiológica na neonatologia; a Fonoaudiologia nos processos cicatriciais; empregabilidade na Saúde Coletiva, entre outras abordagens. “A cada jornada tentamos nos aproximar mais dos alunos para escolhermos temas que sejam atuais e que mostrem em perspectiva as áreas de atuação da Fonoaudiologia. Acredito que, nesta jornada, cumprimos mais uma vez o nosso papel, começando pela palestra com a Dra. Kátia de Almeida, vice-diretora do curso de Graduação em Fonoaudiologia e coordenadora do Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana da FCMSCSP, que apresentou um panorama da carreira no Brasil e no mundo”, ressalta a Dra. Alessandra Spada Durante, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia e uma das coordenadoras do evento.

Nesta edição, oficinas foram ministradas por especialistas sob a coordenação de professores do curso de Fonoaudiologia da FCMSCSP. Para a Dra. Alessandra, elas merecem destaque, pois receberam um grande número de participantes. “O que possibilitou até que a organização cogite, para o ano seguinte, acrescentar mais oficinas até o último dia do evento. Ressalto que a programação científica como um todo foi um ponto alto. A palestra do Dr. Adrián Fuente, da Universidad de Chile, por meio de uma videoconferência, merece destaque também“, completa.

De acordo com a Dra. Alessandra, os professores da FCMSCSP já estão se preparando para a próxima Jornada. “Teremos uma reunião de fechamento e na sequência nos encontraremos com a comissão de alunos de graduação e pós-graduação para começarmos a pensar em novos assuntos para serem abordados e discutidos. Esta é a primeira possibilidade de percepção do que é um congresso para os futuros fonoaudiólogos, além de ser uma oportunidade para o aluno se aproximar do que há de mais atual e compreender as temáticas discutidas nas apresentações de palestrantes de renomadas instituições”, finaliza a professora.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 74, em 22/9/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

26/9 – Dia Nacional do Surdo

Confira neste vídeo, produzido para lembrar o dia 26/9, data que marca o Dia Nacional do Surdo, a importância de se aprender a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, para profissionais da área de saúde.

Participaram desta iniciativa a Mestra Sylvia Lia Grespan Neves, professora de Libras, Dra. Ana Luiza Navas, diretora do curso de Graduação em Fonoaudiologia, e alunos dos cursos de Graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Caminhada do Silêncio chega a 4ª edição

Prof.ª-Dra.-Cilmara-Levy

Prof.ª Dra. Cilmara Levy

Em comemoração ao Dia Nacional do Surdo, celebrado em 26 de setembro, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo realiza a Caminhada do Silêncio 2015, no dia 27 de setembro, domingo, no Parque Villa-Lobos. Com o apoio da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o evento destaca o estigma da incomunicabilidade, o respeito e o aumento da inserção do surdo na sociedade.  “Lutamos para que acabe o preconceito social contra o surdo, que faz com que ele não queira usar aparelho ou sinta-se constrangido de trocar a pilha do aparelho em público, ou ainda que algumas mães sintam-se despreparadas com a chegada de um filho surdo, achando que ele jamais será independente”, explica a Prof.ª Dra. Cilmara Levy, do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP e coordenadora da Caminhada do Silêncio.

Com início às 8h30, no portão principal do Parque Villa-Lobos, a caminhada de 3km terá largada às 9h00. Destinado às pessoas com deficiência auditiva, familiares, amigos, profissionais da área da saúde e todos que desejam participar, o evento contará com a  superstar Duda, boneca adaptada com “ouvido biônico”, que capta o volume dos tocadores de música e faz a medição dos decibéis. O objetivo é realizar uma campanha para alertar as pessoas sobre os prejuízos causados à audição quando se ouve música, por meio de fones de ouvidos, com o volume exageradamente elevado. “Independentemente da forma de comunicação, oral ou por língua de sinais, este evento quer ouvir os gritos, silenciosos ou não, de surdos, familiares, amigos e profissionais de saúde”, conclui a professora.

Serviço:
4ª Caminhada do Silêncio
Onde: Parque Villa-Lobos (Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2.001)
Quando: 27 de setembro de 2015, domingo, a partir das 8h30
Informações: cilmaralevy@uol.com.br
Facebook/caminhada do silencio

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 74, em 22/9/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo apresenta tema da campanha publicitária do Vestibular 2016

bastidores-campanha-vestibular

Bastidores da produção de fotos da Campanha 2016 da FCMSCSP

Até 2 de dezembro, estarão abertas as inscrições para o Vestibular 2016 dos cursos de Graduação em Enfermagem, Graduação em Fonoaudiologia, Graduação Tecnológica em Radiologia e Graduação Tecnológica em Sistemas Biomédicos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Para comunicar ao mercado esse período de processo seletivo, entrará no ar esta semana a nova campanha publicitária da FCMSCSP: “O aprendizado que transforma“.

Criada pelo Departamento de Comunicação e Marketing da Instituição, a nova campanha representa a continuidade da ação “Porque conhecimento é parte da vida”, lançada no ano passado. Em 2015, a iniciativa pretende levar aos jovens vestibulandos a ideia de que a FCMSCSP é uma facilitadora do aprendizado e do estímulo contínuo para o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes, com o apoio de projetos e programas acadêmicos inovadores. A partir dessa condição, os alunos da Instituição, pelo próprio envolvimento com seus objetivos de crescimento pessoal e com aqueles propostos pela FCMSCSP no decorrer dos cursos – tendo por base a valorização do ser humano –, transformam-se em profissionais ainda mais completos e competentes e colaboram para a transformação das regiões onde venham a atuar no futuro.

Alunos presentes na campanha
Seguindo a iniciativa passada, na qual alunos reais da Instituição ilustraram as peças publicitárias da campanha do vestibular, a FCMSCSP optou por convidá-los novamente, contemplando os que ainda não haviam participado desta ação e que, simbolicamente, representassem os demais estudantes dos cursos de Graduação em Enfermagem e em Fonoaudiologia, além de Graduação Tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos. A produção da campanha, nesta oportunidade,  foi ambientada em alguns dos locais usados pela FCMSCSP para a prática que os programas de graduação oferecem. As peças publicitárias serão divulgadas em meios digitais, como sites especializados e redes sociais, e também em meios impressos e locais de grande circulação que tenham foco no público-alvo para este processo seletivo.

Acompanhe nos próximos dias, no Blog da FCMSCSP, mais detalhes sobre a campanha publicitária do Vestibular 2016.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 74, em 22/9/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.