Área de Enfermagem está com mercado de trabalho aquecido

Segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a área da saúde no Brasil é composta por um contingente de 3,5 milhões de profissionais – deste número, cerca de 1,7 milhão atuam na Enfermagem. O estudo “Perfil da Enfermagem no Brasil”, lançado em maio de 2015 e encomendado pelo Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), foi realizado aproximadamente em 50% dos municípios brasileiros, nos 27 estados da Federação, e contou com profissionais entre o início da carreira e aposentadoria, com o objetivo de traçar um panorama atual dos profissionais da área de Enfermagem.

Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Com uma ampla área de atuação, o mercado de trabalho para enfermeiros está aquecido. Além de atuar em hospitais, o profissional pode prestar serviços domiciliares e de consultoria, por exemplo. “Qualquer local onde haja enfermagem (auxiliares, técnicos ou enfermeiros) deverá necessariamente ser dirigido por um enfermeiro, portanto não pode haver um hospital, clínicas diversas, ambulatórios de escolas e indústrias, pronto-socorro, escolas de formação de auxiliares ou técnicos, cursos superiores e outros, sem a presença do enfermeiro”, afirma a Dra. Maria Lucia Alves de Sousa Costa, vice-diretora do curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Algumas especializações, como em enfermagem neonatal e cardiologia são muito procuradas e consideradas um diferencial em seleções para vagas na área. É essencial que o enfermeiro acompanhe as inovações no setor. “O mercado de trabalho exige profissionais especializados. Em um cenário competitivo, as instituições hospitalares buscam as acreditações, que levam em consideração o preparo de seu corpo funcional”, explica.

A fim de atender essa demanda, a FCMSCSP oferece cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (especialização) nas áreas de Enfermagem em Centro Diagnóstico, Enfermagem Obstétrica, Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental, entre outros. A duração média de cada curso é de 480 horas, com aulas práticas e teóricas. Mais informações podem ser obtidas no Portal FCMSCSP.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 66, em 2/6/2015. Assine nossa newsletter: http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: