Obesidade atinge 1/3 da população de crianças no Brasil

Em pesquisa, profissionais da Faculdade Santa Casa de São Paulo buscam identificar as causas do problema

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura no corpo, causada, sobretudo, pelo consumo excessivo de calorias. Muito comum, especialmente em países mais desenvolvidos, a disfunção tem despertado preocupação cada vez maior de autoridades e profissionais da saúde.

Em números divulgados em 2013, a Organização Mundial da Saúde apontou que 2,8 milhões de pessoas morrem por ano por problemas em virtude de peso excessivo. Ainda mais preocupante, é o aumento do número de crianças obesas, pois a constatação é que 1/3 das crianças entre 6 e 9 anos sofrem com o problema.

Além de diminuir a disposição física, o sobrepeso acarreta outros sérios problemas de saúde; aumenta o risco de desenvolvimento de diabetes, hipertensão, colesterol alto e problemas cardíacos, o que compromete a qualidade de vida do indivíduo.

Em recente pesquisa, profissionais da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo estudam a possibilidade de a obesidade relacionada com a dependência química. O objetivo é verificar se a relação de crianças obesas com a comida é semelhante a de pessoas que sofrem com a dependência de drogas. Ou seja, quando o ato de comer exageradamente não consegue ser evitado, a despeito de todo prejuízo social, emocional e físico.

Dr. Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

“A obesidade é multifatorial. Alguns dos fatores que pode interferir em seu surgimento são o comportamento e o componente emocional. Então, nosso estudo examina a obesidade, especialmente a infantil. Queremos estudar a relação que as crianças obesas estabelecem com a comida. Se chega a ser uma espécie de dependência química – onde ela precisa consumir muito de determinada substância, perder o controle enquanto está ingerindo o alimento e se sentir muito mal (parecido com uma abstinência) quando não come o tanto que gostaria”, explica Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

“Além disso, também pretendemos fazer imagens de ressonância magnética para analisar o cérebro dessas crianças e avaliar se há diferenças entre crianças magras e obesas que nos ajudem a entender melhor as causas da obesidade”, afirma.

Para desenvolvimento da pesquisa, são necessários como voluntários 60 adolescentes, de 12 a 17 anos, que tenham obesidade. Eles serão avaliados por médicos e farão exames.

Para se candidatar ou fazer uma indicação, basta entrar em contato pelo e-mail: pesquisaobesidadesantacasasp@gmail.com ou pelo tel.: (11) 5084-2132, contato: Sra. Susete.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 57, em 28/1/2015. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: