Dengue: especialista explica como reconhecer a doença

Dra Marinella _ dengueSão Paulo e outras cidades do país vivem um momento de extrema atenção em relação ao surto de casos de dengue. Febre, vômitos, dor nas articulações e nos olhos são alguns dos principais sintomas.

Nesta reportagem ao Portal R7, Dra. Marinella Della Negra, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, explica que a dengue pode até ser fatal.

2º Encontro de Atenção à síndrome de Down

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realiza nos próximos dias 19 e 20 de março de 2015, quinta e sexta-feira, das 17h às 20h,  a segunda edição do Encontro de Atenção à síndrome de Down. A coordenação é da Dra. Sandra Cristina Fonseca Pires, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP.

loganNa programação deste evento, serão abordados temas como:

  • “A Vida com Logan”
  • Atenção da Enfermagem
  • Avaliação cardiológica
  • Educação e inclusão
  • Fonoaudiologia: praxia
  • Nutrição funcional
  • Ortopedia
  • Pediatria e multidisciplinaridade
  • Psicologia e família

Local do evento: Auditório Dr. Christiano Altenfelder, na Rua Dr. Cesário Motta Jr., 112, 4º andar (Novo Prédio da FCMSCSP), Vila Buarque, São Paulo (SP).

Confira a programação e se inscreva neste link.

Ovário policístico: no Brasil, cerca de 20% a 30% das mulheres apresentam a disfunção

Ovários PolicísticosIrregularidade na menstruação, aparecimento de pelos e acnes e aumento de gordura abdominal podem ser sinais de síndrome dos ovários policísticos. De acordo com o Ministério da Saúde, no país, estima-se que 20% a 30% das mulheres tenham essa disfunção.

Saiba mais sobre o tema, nesta reportagem do Portal R7, com a participação da ginecologista Sônia Tamanaha, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

 

Pós-parto: depressão é comum, mas tem tratamento

Adriana Fragonese - FCMSCSPA depressão pós-parto é mais comum do que se pensa e o quadro é marcado por intensas mudanças corporais, hormonais e emocionais. Mulheres com rotinas estressantes são, inclusive, mais propensas a apresentar o distúrbio.

Confira mais detalhes nesta reportagem do Portal R7, com a participação da psicóloga Adriana Fregonese, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Amor: fenômeno químico?

Página22_edição 91A Dra. Mirna Barros, bióloga e professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, é uma das entrevistadas na reportagem “Questão de pele”, publicada na revista Página 22 (Edição 91). De acordo com a matéria, assinada por Fábio Rodrigues, o amor, em sua natureza mais fundamental,  não passa de um fenômeno químico.

Na entrevista, a Dra. Mirna, que é chefe do Departamento de Morfologia da FCMSCSP, comenta sobre os feromônios humanos. Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem da capa da revista (ao lado). Sobre esse tema, a professora também escreveu, em 2006, um artigo científico para a Revista Arquivos Médicos, em coautoria com Mariana Dalacqua. Clique aqui para conferir.

Epitélio olfatório: tema de palestra na FCMSCSP

Dr. Isaias Glezer, professor do Departamento de Bioquímica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Dr. Isaias Glezer, professor do Departamento de Bioquímica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

O Departamento de Ciências Fisiológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo promoverá no próximo dia 24/2, terça-feira, das 12h às 13h30, a palestra “O epitélio olfatório como paradigma para o estudo de mecanismos neurorregenerativos”, proferida pelo Dr. Isaias Glezer, professor do Departamento de Bioquímica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O evento é aberto e não requer a necessidade de inscrição prévia. Para participar, compareça à Sala 15 do Departamento de Ciências Fisiológicas da FCMSCSP, na Rua Dr. Cesário Motta Jr., 112, Vila Buarque, São Paulo (SP).

Acompanhe os futuros eventos promovidos pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Cadastre-se no Portal FCMSCSP, na área “Receba nossa newsletter”.

Faculdade Santa Casa de São Paulo recebe simpósio internacional de pesquisa

Dr. Hudson Buck, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Hudson Buck, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo sediará, de 28 de junho a 1º de julho, o simpósio internacional“ Kinin 2015 Brazil – International Meeting on Kinin System and Peptide Receptors” que discutirá os últimos avanços do envolvimento das cininas e de receptores peptidérgicos com processos fisiológicos e patológicos.

Voltado a profissionais e estudantes da área biomédica e com a participação de pesquisadores de diversos países, o evento tem por objetivo fomentar discussões de pesquisa sobre o sistema calicreína-cininas em doenças como diabetes, esclerose múltipla, Alzheimer, doença de chagas, angiodema, hipertensão, doenças renais, epilepsia, obesidade, lesões traumáticas, entre outras.

“Este simpósio é de extrema importância para nós que atuamos na área e para os estudantes que têm interesse de ingressar em pesquisa, pois eles terão a oportunidade de contato com profissionais internacionais e grandes nomes desse segmento. Isso porque com o aprofundamento da pesquisa no sistema, conseguimos compreender melhor essas doenças e desenvolver novos métodos de prevenção e tratamento. Além disso, o Kinin 2015 Brazil é um evento de grande importância para aumentar o número de colaborações internacionais dos grupos brasileiros de pesquisa. O Brasil é um país com grande tradição de pesquisas nessa área”, comenta o Dr. Hudson Buck, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e um dos organizadores do evento.

Em parceria da Instituição com a fundação alemã EK Frey-E. Werle, CNPQ – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – e CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, o simpósio terá valores de inscrição especiais para alunos de graduação e especialização.

“A Faculdade Santa Casa de São Paulo sempre prezou pela qualidade de ensino e pesquisa na área da saúde. Isso é reforçado em diversos eventos e simpósios que a Instituição recebe, oferecendo suporte financeiro e de infraestrutura”, finaliza o professor Hudson.

Serviço:
Evento: Kinin 2015 Brazil – International Meeting on Kinin System and Peptide Receptors
Data: 28 de junho a 1º de julho de 2015
Local: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Chamada de Trabalhos: Recebe trabalhos até 15 de março de 2015
Valores:
Delegado: R$ 630,00
Pesquisador de Pós-doutorado: R$ 380,00
Profissionais: R$ 380,00
Estudante de Graduação: R$ 130,00
Mais informações: kinin2015.fcmsantacasasp.edu.br

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 58, em 11/2/2015. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Pós-graduação na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Pós 2015 FCMSCSPEstão abertas até o dia 23/2 as inscrições para os cursos de pós-graduação (especialização lato sensu) da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O valor das inscrições feitas até esta terça-feira, dia 10/2, é de 50 reais. Após essa data, 75 reais.

Clique no nome dos cursos para conferir mais detalhes:

Área Específica da Psicologia da Saúde – NOVO
Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização – NOVO
Enfermagem em Centro Diagnóstico
Enfermagem em Nefrologia
Enfermagem na Assistência ao Adulto em UTI
Enfermagem Obstétrica
Enfermagem Pediátrica e UTI Pediátrica – NOVO
Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental
Engenharia Clínica
Fisioterapia nas Afecções da Coluna Vertebral
Imaginologia Humana
Neurociência Aplicada à Educação – NOVO
Neuropsicologia
Perícias Médicas
Pesquisa Clínica
Psicologia na Rede Básica de Atenção à Saúde
Ressonância Magnética
Tecnologia no Diagnóstico por Imagem: TC e Medicina Nuclear – NOVO
Tecnologia no Diagnóstico por Imagem: TC e Radioterapia
 – NOVO
Tecnologia no Diagnóstico por Imagem: TC e Ressonância Magnética

 

Síndrome de Down: inscrições em breve

Nos próximos dias 19 e 20 de março de 2015, quinta e sexta-feira, das 17h às 20h, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo abrirá inscrições para a sua segunda edição do evento sobre síndrome de Down. A coordenação é da Dra. Sandra Cristina Fonseca Pires, professora do curso de Graduação em Fonoaudiologia da FCMSCSP.

A programação estará disponível em breve no Portal FCMSCSP. Para manifestar seu interesse neste evento, deixe abaixo seus dados para contato:

Obesidade atinge 1/3 da população de crianças no Brasil

Em pesquisa, profissionais da Faculdade Santa Casa de São Paulo buscam identificar as causas do problema

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura no corpo, causada, sobretudo, pelo consumo excessivo de calorias. Muito comum, especialmente em países mais desenvolvidos, a disfunção tem despertado preocupação cada vez maior de autoridades e profissionais da saúde.

Em números divulgados em 2013, a Organização Mundial da Saúde apontou que 2,8 milhões de pessoas morrem por ano por problemas em virtude de peso excessivo. Ainda mais preocupante, é o aumento do número de crianças obesas, pois a constatação é que 1/3 das crianças entre 6 e 9 anos sofrem com o problema.

Além de diminuir a disposição física, o sobrepeso acarreta outros sérios problemas de saúde; aumenta o risco de desenvolvimento de diabetes, hipertensão, colesterol alto e problemas cardíacos, o que compromete a qualidade de vida do indivíduo.

Em recente pesquisa, profissionais da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo estudam a possibilidade de a obesidade relacionada com a dependência química. O objetivo é verificar se a relação de crianças obesas com a comida é semelhante a de pessoas que sofrem com a dependência de drogas. Ou seja, quando o ato de comer exageradamente não consegue ser evitado, a despeito de todo prejuízo social, emocional e físico.

Dr. Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

“A obesidade é multifatorial. Alguns dos fatores que pode interferir em seu surgimento são o comportamento e o componente emocional. Então, nosso estudo examina a obesidade, especialmente a infantil. Queremos estudar a relação que as crianças obesas estabelecem com a comida. Se chega a ser uma espécie de dependência química – onde ela precisa consumir muito de determinada substância, perder o controle enquanto está ingerindo o alimento e se sentir muito mal (parecido com uma abstinência) quando não come o tanto que gostaria”, explica Ricardo Riyoiti Uchida, psiquiatra e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

“Além disso, também pretendemos fazer imagens de ressonância magnética para analisar o cérebro dessas crianças e avaliar se há diferenças entre crianças magras e obesas que nos ajudem a entender melhor as causas da obesidade”, afirma.

Para desenvolvimento da pesquisa, são necessários como voluntários 60 adolescentes, de 12 a 17 anos, que tenham obesidade. Eles serão avaliados por médicos e farão exames.

Para se candidatar ou fazer uma indicação, basta entrar em contato pelo e-mail: pesquisaobesidadesantacasasp@gmail.com ou pelo tel.: (11) 5084-2132, contato: Sra. Susete.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 57, em 28/1/2015. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.