Homens devem ficar atentos à prevenção do câncer de próstata

Dr. Marjo Deninson Cardenuto Perez, urologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dr. Marjo Deninson Cardenuto Perez, urologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Depois do Outubro Rosa, campanha de prevenção do câncer de mama, o mês de novembro é dedicado à conscientização a um dos males mais comuns aos homens: o câncer de próstata. Com cerca de 98% de chances de cura, se detectado precocemente, ele é provocado pelo aparecimento de tumor na região e pode ser localizado facilmente por exame clínico.

Mais comum a partir dos 50 anos, o câncer, geralmente, não é acompanhado de sintomas. Segundo o Dr. Marjo Deninson Cardenuto Perez, urologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, quando o homem tem dificuldade ao urinar, sente dores nesse processo ou vê presença de sangue, pode significar presença de tumor, porém só é possível sentir esses incômodos quando o distúrbio já está em fase avançada.

“O tumor tem início dentro da próstata. Quando se detecta nesse estágio, as chances de cura são enormes. Já quando ele atinge um tamanho maior e se estabelece também do lado de fora, é necessário tratamento com alguns remédios e cirurgia. Felizmente, a medicina avançou muito e já contamos com tecnologia suficiente para deter o avanço desse câncer”, afirma o Dr. Perez.

O professor também explica que o histórico familiar é agravante na predisposição do organismo a desenvolver o mal. “Homens em que o pai, irmão ou tio já teve câncer de próstata têm duas vezes mais chances de desenvolver o tumor. Já os que o pai e o irmão tiveram, a possibilidade é quatro vezes maior”, comenta.

Se precocemente constatado, o câncer de próstata conta com tratamento farmacológico, acompanhamento profissional e, em alguns casos, cirurgia. Por isso, a recomendação do especialista para os homens é que tenham o hábito de fazer o exame anualmente para uma possível detecção de tumor ainda no estágio inicial.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 54, em 18/11/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: