Faculdade Santa Casa de São Paulo lança curso de Neurociência aplicada à Educação

Dra. Carla Tieppo, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Dra. Carla Tieppo, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Os mecanismos utilizados pelo cérebro e as formas como os processos mentais se dão em diferentes situações cotidianas são estudados pela neurociência. Esses conhecimentos são aplicáveis em diversas vertentes de atuação e sua utilização na educação é algo ainda recente e promissor. A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo oferecerá, a partir de 2015, a especialização em Neurociência aplicada à Educação.

Voltada para profissionais envolvidos com desenvolvimento de pessoas – especialmente professores e pedagogos –, a pós-graduação lato sensu é composta por carga horária de 440 horas divididas em 21 meses. O objetivo do curso é capacitar profissionais atuantes na área educacional e disseminar informação científica a respeito do funcionamento do cérebro para maior aproveitamento do conteúdo nas salas de aula e treinamentos.

“Ainda com necessidade de se consolidar nos diversos campos de atuação, a neurociência voltada para a educação é, sem dúvidas, a vertente mais importante. Isso porque o profissional consegue compreender processos de aprendizado do cérebro e desenvolver estratégias para melhor aproveitamento do ensino”, afirma a Dra. Carla Tieppo, neurocientista e coordenadora do curso.

Outro objetivo da especialização apontado pela professora é ‘desmistificar’ informações muito disseminadas sem qualquer embasamento científico. “É o que chamamos de ‘neuromito’. Alguns deles são tão repassados que estudos realizados em todo o mundo revelam que cerca de 50% dos profissionais que lidam com educação acreditam, por exemplo, no fato de a criança pode diminuir o rendimento de aprendizado se consumir muito doce e 90% acreditam que as crianças aprendem de modo diferente dependendo de qual hemisfério cerebral é o mais dominante. Não há qualquer prova científica disso, mas muitos professores podem tomar esses mitos como reais.”

Por ser ministrado em uma Faculdade de Ciências Médicas, o curso conta com diversificada grade curricular, corpo docente composto por fisiologistas, neurocientistas e psiquiatras com sólida formação e atuação e o aprendizado prático será realizado em laboratórios de anatomia e fisiologia da mais alta qualidade. Para abordar os conteúdos específicos, o corpo docente conta também com psicopedagogos e fonoaudiólogos especializados.

Mais informações poderão ser obtidas no site: www.fcmsantacasasp.edu.br.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 53, em 4/11/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: