Saiba quais são os perigos e benefícios do uso das lentes de contato

Pessoas que apresentam vícios de refração, que incluem o astigmatismo, a miopia, a hipermetropia e a presbiopia, também conhecida como vista cansada, têm como alternativa a utilização de óculos ou lentes de contato. Uma consulta ao oftalmologista, que fará a avaliação e o exame, indicará sua necessidade.

Dr. Roberto Endo

Dr. Roberto Mitiaki Endo

“Os olhos são os órgãos mais importantes no relacionamento com o mundo. Afinal, são eles que recebem cerca de 85% de toda a informação que, analisada pelo cérebro, é direcionada para outras áreas correlacionadas, para ser selecionada para a orientação no espaço, para sua defesa e para as atividades intelectuais. Portanto, os óculos e as lentes de contato podem ajudar a proporcionar uma visão nítida e confortável, mas é preciso tomar diversos cuidados antes de se fazer uso de um desses dois recursos”, afirma o Dr. Roberto Mitiaki Endo, coordenador da disciplina de Oftalmologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Dra. Elisabeth Brandão Guimarães

Dra. Elisabeth Brandão Guimarães

Uma recomendação importante, com o início da utilização das lentes de contato, é ficar atento à troca planejada. “As lentes são produzidas e testadas para durarem determinado tempo. Assim, cada uma apresenta uma manutenção específica. Existem aquelas que são de troca única, as quinzenais, mensais, trimestrais e anuais”, afirma a Dra. Elisabeth Brandão Guimarães, chefe do setor de lente de contato do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo.

A oftalmologista ainda alerta para o processo de limpeza, pois cada lente possui uma característica própria, mas, todas, sem exceção, precisam ser higienizadas com a aplicação de uma solução específica. “É necessário ouvir a indicação do especialista, pois não é recomendado limpar uma lente rígida com uma solução destinada ao modelo gelatinoso e vice-versa”, explica a Dra. Elisabeth.

Outra orientação dada pela médica diz respeito ao soro fisiológico, que não é recomendado por apresentar grande risco à saúde dos olhos. Segundo a especialista, esse produto apenas molha as lentes e não as desinfeta, sendo que, 48 horas após aberto, se torna um meio de cultura e, assim, pode contaminá-las.

A Dra. Elisabeth destaca ainda que a indicação das lentes de contato para crianças deve ser avaliada com base na necessidade e idade. “Crianças que realizam a cirurgia de catarata congênita podem utilizar as lentes imediatamente após o procedimento para evitar que o olho deixe de receber o estímulo visual correto e não se desenvolva. Já aquelas com alta miopia também podem ser beneficiadas, contudo, é fundamental a participação dos pais para a manutenção e colocação das lentes, além da maturidade da criança para conviver com o objeto nos olhos”, alerta.

A frequência das visitas ao oftalmologista dos usuários de lentes de contato também será indicada pelo médico. “Indivíduos diagnosticados com ceratocone, que ocorre em adultos jovens, precisam inicialmente de um monitoramento mensal que, em seguida, deverá ser semestral. O ceratocone é uma doença não inflamatória progressiva que apresenta mudanças estruturais na córnea, tornando-a mais fina e deixando-a em formato cônico”, comenta a oftalmologista.

Perigos do uso incorreto

As pessoas que não utilizam de forma correta as lentes de contato correm riscos de desenvolver: a Síndrome de Uso Excessivo, hipóxia da córnea – caracterizada por sua baixa oxigenação –, processos infecciosos, como uma úlcera que pode resultar na perda permanente da visão, além de processos alérgicos e traumas.

Os cuidados com as lentes coloridas são os mesmos, o que engloba o acompanhamento médico e a realização de testes para verificar se o paciente poderá utilizá-las. Por serem pintadas, estas lentes acumulam mais resíduos. “Uma lente de contato pode ser considerada ‘arma’ ou ‘solução’. Tudo dependerá da forma como forem utilizadas”, conclui a Dra. Elisabeth.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 48, em 26/8/2014. Assine nossa newsletter:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

2 Responses to Saiba quais são os perigos e benefícios do uso das lentes de contato

  1. Gostaria de marcar uma consulta com o Dr. Roberto Endo, que me foi recomendado por uma amiga médica. Qual o número de telefone dele?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: