Conjuntivite alérgica pode ser causada por medicamentos de uso oral e ocular

Dra. Maria Cristina Nishiwaki DantasMuito comum durante o inverno, a conjuntivite pode não ser ocasionada apenas por vírus ou bactérias, mas também por reações alérgicas contra poeira, poluição e até medicamentos de uso ocular e oral. De acordo com a Dra. Maria Cristina Nishiwaki Dantas, professora adjunta do departamento de Oftalmologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, esse tipo da doença é classificada como infecciosa e não infecciosa. “Conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular e a parte posterior das pálpebras.

A forma infecciosa da doença é classificada como bacteriana ou viral, sendo a última a mais frequente entre as pessoas. “A conjuntivite viral é mais comum no verão, mas pode ocorrer em todas as épocas do ano”, afirma a Dra. Maria Cristina.

Segundo a especialista, se não tratada adequadamente, a inflamação pode até cegar o paciente. “Não é usual, porém o agravamento da conjuntivite é capaz de deixar cicatrizes na córnea e esse indivíduo pode precisar de cirurgia para recuperação visual. Não devemos tratá-la como um problema banal”, enfatiza.

Para o tratamento da conjuntivite viral, a professora indica compressa gelada e colírios lubrificantes, já a bacteriana pode ser combatida com colírios a base de antibióticos. “Os principais sintomas são olhos avermelhados, dor, fotofobia e lacrimejamento. Porém, nem todo olho vermelho é conjuntivite. O paciente deve procurar um profissional da saúde para realizar o diagnóstico correto”, explica.

Algumas ações que contribuem para evitar a conjuntivite:
– Evitar aglomerações
– Lavar as mãos com frequência
– Evitar coçar os olhos
– Usar toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos
– Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente (enquanto perdurar a conjuntivite)
– Não compartilhar rímel, delineadores ou qualquer outro produto de beleza
– Não se automedicar

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 20, em 25/6/2013. Assine nossa newsletter:http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: