Brasil registra 17 mil novos casos de mieloma múltiplo por ano

Dra. Vânia Hungria, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São PauloEstudos da International Myeloma Foundation Latin America – organização dedicada à melhoria da qualidade de vida dos pacientes de mieloma e seus familiares, presente em mais de 113 países – mostram que são registrados anualmente 17 mil novos casos de mieloma múltiplo no Brasil. A Dra. Vânia Hungria, professora adjunta da disciplina de hematologia e oncologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, explica que o mieloma é um tipo de câncer na medula óssea que provoca anemia e a destruição dos ossos. “Todo tipo de câncer é um aumento exagerado de um determinado tipo de célula. No caso do mieloma – que acomete principalmente idosos – essa célula se prolifera e se infiltra por toda a medula óssea. Sabemos que 80% dos pacientes com a doença apresentam comprometimento ósseo e 20% têm problemas renais”, diz.

Os principais sintomas do mieloma são: dores na coluna vertebral e bacia, além de fraqueza e cansaço físico, devido à anemia. A professora informa que no Brasil o diagnóstico da doença costuma ser tardio, pois as pessoas demoram para se consultar com um médico.

Para diagnosticar o mieloma é preciso realizar um exame chamado eletroforese de proteínas. Segundo a Dra. Vânia, não existe cura para esse tipo de câncer. “Porém, com o tratamento, o tempo de vida mediana dos pacientes é de cinco anos, o que dependerá de vários fatores, incluindo o quadro de saúde e idade do indivíduo. De acordo com as condições clínicas, pode ser indicado o transplante de medula óssea. Caso contrário, o tratamento é feito com medicamentos que também são muito eficientes”, conclui.

Texto originalmente publicado no boletim Conectar, edição 8, em 12/12/2012. Assine nossa newsletter:http://www.fcmsantacasasp.edu.br.

Anúncios

Sobre Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) é uma instituição de ensino superior com mais de 50 anos de atividades. Tem como mantenedora a Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, que também incentiva a realização ou a participação em pesquisas nos âmbitos científico e técnico e estimula, pela promoção ou participação, estudos nas áreas médica, sanitária e social. Oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia; graduação tecnológica em Radiologia e em Sistemas Biomédicos, além de diversos cursos de pós-graduação (especialização lato sensu, mestrado ou doutorado) e pós-doutorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: