I Seminário Comunicação, Acessibilidade e Desenvolvimento Humano

No dia 25 de agosto foi realizado o I Seminário Comunicação, Acessibilidade e Desenvolvimento Humano, organizado pela professora do curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Dra. Noemi Takiuchi. Na primeira edição, o tema abordado foi “Crianças com necessidades de apoio em comunicação e a aprendizagem”, visando um diálogo entre saúde e educação.

O evento que faz parte de um projeto financiado pelo Instituto ABCD contou com a presença de professores, envolvendo a capacitação de profissionais da educação em relação aos distúrbios de aprendizagem. O seminário recebeu 85 participantes, sendo 64% profissionais da educação.

Todos os palestrantes enfocaram a importância do desenvolvimento das habilidades comunicativas, envolvendo a fala, a leitura, a escrita, também a LIBRAS e os sistemas de comunicação suplementar e alternativa, reconhecendo a comunicação como essencial para a aprendizagem e para o desenvolvimento integral da criança.

Os participantes demonstraram grande interesse no tema e o conteúdo foi considerado de relevante na formação dos educadores, possibilitando reflexões sobre a prática e gerando maior conscientização sobre os impactos dos distúrbios de comunicação nos processos de aprendizagem.

X Jornada Acadêmica de Fonoaudiologia

PROGRAMAÇÃO

03/09/2012 – Segunda-feira
7h30 às 8h – Recepção

8h às 8h15 – Abertura
Comissão Organizadora

8h15 às 9h – Conferência I
Tema:  Avanços e mudanças nas questões relacionadas à saúde do trabalhador.
Palestrante: Fga. Dra. Susana P. Gianini (HSPM)
Coordenador: Profa. M.ª  Wanderlene Anelli (FCMSCSP)

9h às 10h30 – Mesa Redonda I
Tema: Avanços e mudanças na  Área de Voz: clínica e assessoria
Palestrantes: Profa. Dra. Leny Kyrillos (PUC-SP) e Fga. Dra. Rosiane Yamasaki (CEV)
Coordenador: Profa. Dra. Marta Assumpção de Andrada e Silva (FCMSCSP)

10h30 às 11h – Coffee Break

11h às  12h30 – Mesa Redonda II
Tema: Avanços na atuação em Motricidade orofacial
Palestrantes:  Fga. M.ª Maristela Oncins (CDTATM)  e Fga. M.ª Daniele Bernardes(Clínica RIDERE)
Coordenador:  Profa. Dra. Adriana Rahal  Rebouças de Carvalho l (FCMSCSP)

12h30 às 14h – ALMOÇO

14h às 16h – Oficina I – Fonoestética
Palestrante: Fga. M.ª Magda Zorzella  (Clínica MZ)
Coordenador: Prof. Dr. Paulo Eduardo D. Melo  (FCMSCSP)

Oficina II – Apoio respiratório no Canto
Palestrante:   Ms. Wilson Gava  (Studio Gava)
Coordenador: Profa. M.ª Alcione Ramos Campiotto  (FCMSCSP)

04/09/2011 – Terça-feira
8h às 9h – Conferência II
Tema: A formação do fonoaudiólogo no Brasil e no Mundo.
Palestrante: Profa. Dra. Fernanda Dreux Miranda  Fernandes  (USP)
Coordenador:  Profa. Dra. Ana Luiza Gomes Pinto Navas (FCMSCSP)

9h às 10h30 – Mesa Redonda III
Tema: Genética, síndromes e distúrbios da comunicação.
Palestrantes: Profa. Dra. Sandra C. Fonseca Pires (FCMSCSP) e Profa. Dra. Carla Franchi Pinto (FCMSCSP)
Coordenador: Profa. M.ª Byanka Cagnacci Buzo (FCMSCSP)

10h30 às 11h  – Coffee Break

11h às 12h30 – Mesa Redonda IV
Tema: Avanços na avaliação da Audição
Palestrantes: Profa. Dra. Eliane Schochat  (USP) e  Profa. Dra. Ana Claudia  Matinho (USP)
Coordenador: Prof.Dr. Osmar Mesquita Sousa Neto (FCMSCSP)

12h30 às 14h – ALMOÇO

14h às 16h – Oficina III – Reabilitação Vestibular
Palestrante:  Fga. Dra. Lucia Nishino (FCMSCSP)
Coordenador: Profa. Fga. Maria do Carmo Redondo  (FCMSCSP)

Oficina IV – Envelhecimento, Memória e Linguagem
Palestrante: T.O. M.ª Viviane Abreu  (ABRAz/Clínica Habilitar)
Coordenador: Profa. M.ª Cristiane Stravino  Messas  (FCMSCSP)

05/09/2011 – Quarta-feira
8h às 9h – Conferência III
Tema: Humanização em Saúde
Palestrante: Sra. Diva Mastrotti (Associação Viva e Deixe Viver)
Coordenador: Profa. Dra. Noemi Takiuchi (FCMSCSP)

9h às 10h30 – Mesa Redonda V
Tema: As novas Especialidades da Fonoaudiologia: Disfagia e Fonoaudiologia Escolar
Palestrantes: Fga. Dra. Karina Elena B. Buhler (HU_USP)  e Fga. Dra. Marcia Azevedo S. Matumoto (SE-PMSBC)
Coordenador: Profa. Dra. Adriana Limongeli Gurgueira (FCMSCSP)

10h30 às 12h30 – Cerimônia de Encerramento.

INVESTIMENTO
Alunos CAD: R$ 20,00
Alunos e ex-alunos do curso: R$ 25,00
Alunos de outras instituições: R$ 40,00
Profissionais: R$ 50,00

Vagas limitadas: 200
Inscrições a partir do dia 28 de agosto, pelo site: www.fcmsantacasasp.edu.br.
IMPORTANTE: Para efetivar sua inscrição, efetue o pagamento da taxa na Secretaria do Curso de Fonoaudiologia (8º andar), com a Sra. Sônia Vespa.

Atenção: os certificados só serão disponibilizados para os participantes inscritos pelo site do evento.

Local: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Anfiteatros Prof. Dr. Paulo Ayrosa Galvão e Prof. Dr. Emilio Athié.
Endereço: Rua Dr. Cesário Mota Junior, 112 – Vila Buarque

Curso de Enfermagem realiza o IV Encontro de Ética em Enfermagem

No dia 22 de agosto, o curso de graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizou o IV Encontro de Ética em Enfermagem, no Anfiteatro Prof. Dr. Emilio Athié.

Na ocasião, a professora Dra. Patricia Bataglia falou sobre o tema “Ética profissional e competência moral”. Já a enfermeira Adriana Machado abordou o assunto “Processo ético e suas implicações para os profissionais de Enfermagem”.  Alunas do 8º semestre do curso também apresentaram trabalhos sobre “Morte Digna” (Gabriela Souza, Juliana Santos e Leslie Sales) e “Cuidados Paliativos” (Juliana Scavone e Juliana Strazzabosco).

O evento foi organizado pelas professoras M.ª Janete Komessu, Dra. Maria Angela Reppetto e Dra. Maria do Carmo Querido Avelar, todas integrantes do grupo de pesquisa CNPq “Ética e Humanização na Saúde”.

Faculdade participará do II Simpósio Acadêmico de Diabetes Mellitus

No dia 23 de setembro acontecerá, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, o II Simpósio Acadêmico de Diabetes Mellitus. O evento é organizado por diversas ligas acadêmicas de Diabetes Mellitus do Estado de São Paulo, dentre elas a Liga da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. O evento tem como objetivo reunir todos os interessados no assunto para troca de experiências e organização de atividades em conjunto.

Durante o simpósio, serão realizadas discussões de casos clínicos abordando aspectos do Diagnóstico, Tratamento, Urgências e Complicações Crônicas da doença, além de workshops, sorteios de livros e apresentações das ligas envolvidas. O evento é voltado a estudantes de Medicina, Enfermagem, Nutrição, médicos e residentes.

Para mais informações e inscrição, acesse www.simposiodediabetes.com.br.

Serviços
Data: 23 de setembro de 2012
Horário: das 7h às 19h30
Local: Centro de Convenções Rebouças
Endereço: Av. Rebouças, 600 – Cerqueira César

Professor da Faculdade fala sobre o pâncreas artificial para o tratamento de Diabetes tipo 1

Um pâncreas artificial, que calcula o índice de glicose no sangue e libera insulina automaticamente sem a intervenção do paciente, é a mais nova promessa tecnológica para o tratamento de diabetes tipo 1. Ainda em fase experimental, não há data para sua chegada ao mercado. Estima-se que 10% dos pacientes com diabetes tenham o tipo 1.

O diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, caracterizada pela destruição das células do pâncreas que produzem insulina – o hormônio responsável pelo transporte do açúcar para dentro das células. Como nesses pacientes os níveis de açúcar no sangue ficam aumentados, eles precisam aplicar várias injeções de insulina diariamente para normalizá-los. Por isso o desenvolvimento de um pâncreas artificial, que assuma essas funções sem a intervenção do paciente, é uma das principais buscas de pesquisadores do mundo todo há mais de 15 anos.

O projeto Dream (sigla de Consórcio para o Pâncreas Artificial sem Fio, na tradução livre, e também “sonho”, em inglês) é um dos experimentos nessa área. Trata-se de uma pesquisa internacional, liderada pelo pesquisador israelense Moshe Phillip, cujos resultados serão apresentados no Brasil no início de setembro, durante o Tratamentos & Tecnologias Avançadas para o Diabetes, evento no Rio de Janeiro voltado às novidades.

Sob a pele
O grupo de Phillip desenvolveu um sistema chamado MD Logic. Trata-se de um sensor de glicose subcutâneo, que monitora os níveis de glicemia associados à bomba de insulina. Ambos são conectados por programas que informam e estipulam a quantidade de insulina a ser liberada para manter a glicemia dentro dos parâmetros normais. Tudo isso sem que o paciente tenha de realizar testes de ponta de dedo e calcular a quantidade de insulina a ser aplicada.

Os pesquisadores avaliaram o funcionamento do pâncreas artificial em 18 jovens de 12 a 15 anos, durante um acampamento de três dias. Foi a primeira vez que um aparelho do tipo foi testado em um ambiente real, fora do hospital. Um estudo anterior de outro grupo, usando um sistema semelhante, foi feito com 24 pacientes hospitalizados.

No caso de Israel, um grupo de engenheiros e médicos ficava em uma sala de controle, de onde supervisionavam remotamente as variações de glicemia das crianças, que realizavam atividades de lazer normalmente. Os resultados demonstram que a ideia funcionou – ainda que de maneira experimental.

Hoje em dia já existe no mercado a bomba de infusão de insulina, que funciona de maneira parecida: um aparelho monitora a glicemia e envia um sinal para a bomba, que fica presa à cintura do paciente. Mas, para a bomba funcionar e liberar a insulina, o paciente precisa fazer o cálculo da quantidade e acionar o botão.

“As crianças tomam de quatro a seis picadas de insulina todos os dias, além de fazer o controle da ponta de dedo. O sonho de todo paciente é não ter de lembrar de tomar insulina várias vezes. E a promessa do pâncreas artificial é fazer tudo isso sozinho”, disse o endocrinologista Dr. Luis Eduardo Calliari, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Jornada de Oftalmopediatria da Santa Casa de São Paulo

Com a realização dos departamentos de Pediatria e Puericultura e Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, será lançado no dia 29 de setembro, sábado, das 9h às 14h, a I Jornada de Oftalmopediatria. Para se inscrever, clique aqui.

Para mais informações, basta se cadastrar na área “Receba nossa Newsletter” no site http://www.fcmscsp.edu.br.

O curso, com duração de seis horas, tem como objetivo oferecer uma complementação de conhecimento na área de oftalmopediatria. A abordagem do programa contemplará desde a formação e desenvolvimento da visão normal, passando pelas anomalias genéticas mais comuns, patologias oculares predominantes em crianças (com ênfase naquelas que podem passar despercebidas pela família), encerrando com a apresentação de casos rotineiros de traumas e acidentes na infância.

A I Jornada de Oftalmopediatria da Santa Casa de São Paulo tem por base a apresentação de conteúdo sob a forma de aulas teóricas e de casos clínicos, de forma dinâmica, acessível à plateia e com rico conteúdo visual.

Corpo Docente
Professores renomados, com larga experiência clínica, que promoverão uma apresentação interativa, com debates e participação da plateia, para melhor aproveitamento e fixação do conteúdo oferecido pelo curso.

A coordenação é dos professores Dr. Rogério Pecchini e Dr. José Ricardo Reggi, com a organização da Dra. Eliana Biondi Medeiros Guidoni (Pediatria), Dr. Ronaldo Boaventura Barcellos (Oftalmologia) e Dr. Luis Eduardo Rebouças de Carvalho (Oftalmologia).

Público-alvo
Acadêmicos do curso de medicina e residentes de oftalmologia e pediatria

Taxa de participação (investimento total)
Alunos, médicos e residentes Santa Casa: R$ 25,00
Demais interessados: R$ 50,00

Vagas
80 (inscrição garantida com a confirmação do pagamento)

Local
Anfiteatro Mario Altenfelder Silva
Departamento de Oftalmologia da Santa Casa (Conde de Lara, 2º andar)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Para baixar a programação em arquivo PDF, clique aqui.

 

Hora

Aula

Docente

9h – 9h15    Abertura Rogério Pechini e José Ricardo Reggi
9h15 – 9h45 Desenvolvimento Visual Normal / Vícios de Refração / Reflexo Vermelho Luis Eduardo Rebouças de Carvalho
9h45 – 10h Anomalias do Desenvolvimento Ocular Simone Finzi

MÓDULO

1
Coordenador da mesa: Ricardo Waetge

10h – 10h45 Caso Clínico: Repercussões Oculares da Prematuridade Ricardo Waetge
Abordagem do Oftalmo Marcelo Cavalcante Costa
Abordagem do neonatologista Paulo Pachi

MÓDULO

2
Coordenador da mesa: Ronaldo Barcellos

11h15 – 11h45 Estrabismo Ronaldo Barcellos e Rodolpho Navarro
11h45 – 12h Obstrução do canal lacrimal Ricardo Kanecadan
12h – 12h15 Glaucoma Congênito Maurício Della Paolera
12h15 – 12h30 Olho Vermelho Maria Cristina Nishiwaki-Dantas
12h30 – 12h45 Vícios de Visão Marizilda Andrade
12h45 – 13h15 Celulite Sylvia Cursino / Marco Aurélio Sáfadi
13h15 – 13h45 Diagnóstico e Condução dos traumas e acidentes mais comuns em crianças Niro Kasahara
13h45 – 14h Aberto para perguntas


Frequência, avaliação e certificado

A freqüência mínima exigida no curso é de 75% da carga horária, sendo que a avaliação é a participação presencial. Atendendo a essas condições, o participante terá direito ao seu certificado, emitido pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, que equivale a um curso de curta duração (6 horas).

Sorteio para os participantes
Livros : Manual de Urgências em Oftalmologia, 2ª edição, 2009, Editora Phoenix e “120 anos – Oftalmologia”, Editora Cultura Médica

Anatomia do Joelho: novo curso na Faculdade Santa Casa de São Paulo

Nos dias 19, 20 e 21 de outubro, sexta, sábado e domingo, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo realizará o curso “Anatomia do Joelho – Dissecção de Peças Anatômicas Humanas“, com duração de 16 horas. O programa  tem a coordenação do Prof. Dr. Antonio Cardoso Pinto e da Profª Dra. Mirna Duarte Barros, chefe do Departamento de Morfologia.

PÚBLICO-ALVO: Graduandos em Medicina (do 3º ao 6º ano), residentes em ortopedia, médicos e fisioterapeutas. Vagas limitadas a 20 participantes.

INVESTIMENTO TOTAL: R$ 700,00 (setecentos reais).

PARA INSCRIÇÕES ATÉ 17/10/2012 (data-limite), DESCONTO DE 20%. TOTAL DO INVESTIMENTO: R$ 560,00 (quinhentos e sessenta reais).

Programação:
19/10
, sexta-feira (das 18h às 22h00)
– 18h: Apresentação do Curso – Profª Dra. Mirna Duarte Barros
– 18h30: Articulações – Prof. Dr. Antonio Cardoso Pinto
– 20h:  intervalo
– 20h30: Joelho: a articulação e ações musculares – Profª Dra. Mirna Duarte Barros
– 22h: encerramento do 1º dia

20/10, sábado (das 8h às 12h e das 13 às 17h00)
– 8h: orientação sobre dissecção, orientação e apresentação de peças já dissecadas
– 8h30: início da dissecção
– 12h às 13h: intervalo
– 17h00: encerramento do 2º dia

21/10, domingo (8h às 12h)
– 8h: dissecção
– 11h30: – finalização da atividade prática
– 12h: encerramento do curso

Este programa tem como objetivo a anatomia da articulação do joelho e será adotada uma peça para cada dois alunos.

Para mais informações e inscrições, clique aqui.